Menu
2019-07-12T10:29:01-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Vídeo

Pré-abertura? After market? O que acontece em cada etapa do pregão de ações na bolsa

Além do horário de negociação, o investidor pessoa física também deve conhecer as regras de cada etapa do pregão de ações; confira neste vídeo o que caracteriza cada uma

12 de julho de 2019
5:30 - atualizado às 10:29

Uma das primeiras coisas que você precisa saber antes de começar a negociar ações por conta própria é o horário de negociação na B3. Só que o pregão é dividido em várias etapas, como pré-abertura, negociação e after market. Você sabe o que pode acontecer em cada uma delas?

O after market é o que mais costuma gerar dúvidas nos investidores iniciantes. No vídeo a seguir eu falo sobre o horário de negociação de ações na bolsa e as regras de cada fase do pregão:

Confira a transcrição do vídeo sobre as etapas do pregão na B3

A bolsa de valores é cheia de regrinhas, a começar pelo horário do pregão. No Brasil, a bolsa funciona somente nos dias úteis, e a negociação dos diferentes tipos de ativo tem hora para começar e para acabar. Só que entre a abertura e o fechamento, cada faixa de horário tem uma finalidade diferente. Por exemplo, você sabe o que é pré-abertura? Ou mesmo after market? Se não, eu vou esclarecer essas dúvidas nesse vídeo.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

A bolsa brasileira funciona em horário comercial. A negociação normal de ações geralmente ocorre entre as 10h e as 17h, podendo variar um pouco ao longo do ano por causa do horário de verão, tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos. Eu vou deixar aqui o link para o site da B3 onde costumam ser atualizados os horários de negociação.

Só que a movimentação, na verdade, começa meia hora antes do início do pregão. Nos primeiros 15 minutos, os investidores podem cancelar ofertas feitas fora do horário de funcionamento, mas ainda não concluídas; nos 15 minutos seguintes, acontece o leilão de pré-abertura, em que os investidores fazem ofertas, mas os negócios ainda não são concretizados e também não podem ser cancelados. É na pré-abertura que acontece a formação de preço das ações, principalmente daquelas que têm mais liquidez. Essa fase de leilão tem o objetivo de tornar a formação do preço de abertura mais transparente.

Nos cinco minutos finais do pregão regular acontece o call de fechamento. Ou seja, das 16h55 até as 17h, num dia de horário normal, os investidores participam de um leilão que determina os preços de fechamento dos ativos. No mercado de ações, somente os papéis que fazem parte dos índices da bolsa podem ser negociados nessa fase. Outras ações só podem participar por determinação expressa da B3 com meia hora de antecedência.

Depois do fechamento, temos o after market. Ele começa 25 minutos depois do pregão regular e dura 35 minutos. Ou seja, num dia normal, essa fase termina às 18 horas. O after market é uma espécie de prorrogação, aquele chorinho no final da cerveja.

Os primeiros cinco minutos do after market são reservados para o cancelamento de ofertas. Caso o investidor tenha feito uma oferta durante o período normal de negociação que não tenha sido concretizada, ela vai ser concluída no after. Mas se ele não quiser que ela seja fechada, basta cancelar nesses primeiros cinco minutos.

Na meia hora seguinte acontece a negociação. É nessa fase que os investidores que não conseguem negociar em horário comercial podem fazer as suas ordens. Também é uma segunda chance para aqueles que não conseguiram fazer ajustes no final do pregão normal.

Mas o after market tem algumas restrições. Só podem ser negociadas ações no mercado à vista que tenham sido negociadas no pregão normal do mesmo dia e que façam parte do Ibovespa. Além disso, não pode haver oscilações de preço maiores do que 2% para cima ou para baixo em relação ao preço de fechamento. Também existe uma restrição de volume de negociação de R$ 900 mil por CPF.

Gostou do vídeo? Então não se esquece de se inscrever no canal do Seu Dinheiro no YouTube e clicar no sininho para receber as notificações. E pode deixar as suas dúvidas e sugestões para outros vídeos no campo dos comentários.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

MAIOR IPO DA HISTÓRIA

Saudi Aramco: como o príncipe-herdeiro da Arábia Saudita vendeu por trilhões a petroleira que seu avô comprou por uma ninharia

Anteontem, quinta-feira, dia 12, exatamente às 14:50, o José Castro (Zezinho), um dos especialistas em ações da Inversa, postou o seguinte comentário no WhatsApp: + + Valor de mercado da Saudi Aramco supera US$ 2 trilhões no segundo dia de negociação da ação após IPO. + + Na Bolsa de Riad, papel subiu hoje (12.12.2019) […]

VENDA DE AÇÕES

Cofundador da Uber vende cerca de US$ 166 milhões em ações da gigante em dezembro

O fundador de 43 anos fez a venda de mais de 5,8 milhões de papéis da Uber nos últimos três dias úteis desta semana

MAIS LIDAS

O bilionário sem dinheiro

O que eu vou falar agora pode parecer contraditório. Muita gente rica tem a grana curta. O bilionário Elon Musk é um caso clássico disso. É que 99% da sua fortuna está aplicada em ações da Tesla, a montadora de carros elétricos criada por ele. Dinheiro na conta ele tem pouco (certamente muito mais do […]

ADIADA

Governo adia para 2021 fim de taxa em aeroportos

De acordo com ele, a proposta será incluída apenas na Lei Orçamentária Anual de 2021, portanto, a taxa será mantida no ano que vem

Boas novas

SulAmérica vai pagar R$ 110 milhões em juros sobre capital próprio

O pagamento foi aprovado pelo conselho de administração da companhia e terão direito os acionistas na base da empresa em 18 de dezembro, com as ações sendo negociadas “ex” juros a partir do dia seguinte

acordo

Governo brasileiro avalia positivamente acordo entre EUA e China

Para Marcos Troyjo, as vantagens que o Brasil terá com o fim das incertezas causadas pela guerra comercial entre os dois países superam qualquer ganho pontual de mercado que o País teve com a disputa

ALÔ, ACIONISTA!

B3 vai pagar R$ 389 milhões de juros sobre capital próprio

O pagamento de JCP também é uma forma de distribuir lucros, mas em vez de terem um benefício tributário para os acionistas, como ocorre com os dividendos, os Juros sobre Capital Próprio beneficiam a empresa

Projeções para 2020

Os melhores investimentos do mundo: as apostas da BlackRock para 2020

Entre os ativos preferidos da gestora global para o ano que vem estão as ações e os títulos de renda fixa dos mercados emergentes

MUDANÇAS À VISTA?

Concessionária de Viracopos ‘sinaliza’ com processo de devolução, diz ministro

No fim de novembro, a Aeroportos Brasil, administradora de Viracopos, protocolou na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) as considerações finais do processo de caducidade (extinção) do terminal de Campinas

Leilões

Governo projeta até 44 leilões para 2020, incluindo a rodovia presidente Dutra

Em 2019, segundo o ministro, o governo realizou 27 licitações. Foram 13 terminais portuários, um trecho da Ferrovia Norte-Sul, as rodovias BR-364 e 365 e 12 aeroportos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements