Menu
Gabriel Casonato
Cannabusiness
Gabriel Casonato
É editor da Empiricus e entusiasta do mercado de cannabis
2019-03-15T19:01:53-03:00
Cannabusiness

O desafio de Martha Stewart aos 77 anos: popularizar a maconha nos EUA

Apresentadora de TV americana se une à indústria de cannabis para desenvolver novos produtos com a planta e dar banho de marketing no segmento

17 de março de 2019
5:35 - atualizado às 19:01
martha e snoop
A apresentadora de TV americana Martha Stewart e o rapper Snoop Dogg - Imagem: Shutterstock

Já imaginou um dia ligar sua televisão na Globo e ver a Ana Maria Braga cozinhando uma receita à base maconha? Algo surreal e totalmente fora de cogitação no Brasil, digno até de voz de prisão para tamanha ousadia.

Nos Estados Unidos, porém, esse tipo de cena está muito perto de virar realidade. E a “culpada” é uma espécie de Ana Maria Braga americana, principal personagem de uma notícia que agitou ainda mais o já movimentado mercado legal de cannabis.

Trata-se de Martha Stewart, icônica apresentadora de TV nos EUA, que acaba de se associar à maior empresa do setor no planeta. Aos 77 anos, ela prestará consultoria na Canopy Growth para desenvolver uma nova e ampla linha de produtos contendo canabidiol. Não só para humanos, mas também para animais!

“Estou especialmente ansiosa para colaborar no desenvolvimento de produtos que possam ajudar as pessoas e seus companheiros animais de estimação”, disse Martha. Ela atualmente apresenta um programa de culinária com o rapper Snoop Dogg, talvez o mais famoso apreciador da erva.

Deixando de lado as cifras envolvidas no acordo (até porque elas não foram divulgadas), é bem provável que tenha pesado na decisão de Martha o fato de a Canopy ser uma das empresas que mais investem em testes clínicos.

Embora o foco da empresa esteja no mercado recreativo, ela também gasta muito em pesquisas para estudar como os compostos de cannabis podem melhorar a saúde humana e animal. E isso inclui pesquisas sobre a eficácia do CBD – o canabinoide não-psicoativo da planta – para o tratamento de ansiedade em pets. Martha é apaixonada por animais.

Dá pra plantar

A estratégia foi possibilitada após a aprovação em dezembro da versão final da Farm Bill, a lei agrícola dos EUA, pela Câmara dos Representantes. A nova legislação passa a permitir o cultivo do cânhamo – a fibra que se obtém da planta de cannabis – em larga escala, além de eliminá-lo de uma lista de substâncias controladas.

Plantação de maconha; indústria está em ascensão com legalização de consumo no Canadá e em estados americanos - Imagem: Shutterstock

No mês seguinte, a Canopy anunciou que investiria até US$ 150 milhões na construção de uma instalação especializada em cânhamo no estado de Nova York, sua primeira unidade de produção nos EUA. A expectativa do CEO, Bruce Linton, é que a empresa tenha instalações especializadas em cânhamo em vários estados americanos.

Sobre a parceria com Martha, o executivo disse que estava procurando um rosto conhecido por todos os americanos, em mais uma indicação de que a maconha na América do Norte está se tornando mainstream.

“Assim que você ouve o nome Martha, você sabe exatamente de quem estamos falando. Ela é única e estou muito entusiasmado por poder trabalhar junto com esse ícone para aprimorar nossas ofertas de produtos CBD em todas as categorias, de humanos a animais”, disse Linton, após o anúncio da parceria.

Uma estrela para a campanha

A Canopy também já tem uma parceria firmada com Snoop Dogg através de sua subsidiária Tweed, a maior e mais reconhecida produtora de cannabis do Canadá. No mês passado, ela anunciou que a partir de outubro irá vender variedades de maconha no país sob a marca Leafs by Snoop, exclusivamente para clientes registrados no Tweed – nos EUA, já é possível encontrar o produto em alguns estados que permitem o consumo recreativo, como o Colorado.

Mas ao contrário do rapper, que há muito tempo se coloca como um ativista em defesa da maconha, e por isso sempre teve seu nome associado a ela, Martha Stewart pode reduzir a barreira que ainda existe entre boa parte da população para o consumo de produtos derivados da planta.

Afinal, os produtos à base de CBD oriundos da parceria com a Canopy se juntarão a um amplo leque de itens que levam o nome de Martha. Eles vão desde alimentos, sapatos, itens para escritórios, até rosas, o que reforça o potencial de marketing e vendas da apresentadora.

De minha parte, acredito que o provável sucesso dessa parceria deve incentivar outras empresas do setor de cannabis a seguirem o mesmo caminho, tentando associar a sua marca a alguém com grande alcance e boa aceitação entre a população que ainda nutre certa resistência ao tema.

Uma delas é a Aurora Cannabis, também entre as maiores produtoras do Canadá, que viu suas ações dispararem nesta semana com o anúncio de que o megainvestidor ativista Nelson Peltz se tornará consultor estratégico da companhia. O foco é explorar potenciais parcerias em cada mercado que a Aurora atua ou possui interesse em entrar.

Segundo o CEO Terry Booth, a vinda de Petz será um marco para a empresa, já que o bilionário “é um visionário reconhecido mundialmente, com um histórico de parcerias construtivas que geram crescimento acelerado e valor para os acionistas em diversas indústrias”.

O mercado acabou comprado o otimismo, dado que a ação de Aurora listada na Bolsa de Nova York fechou com alta de quase 15% no dia do anúncio.

Nelson Peltz é fundador e CEO do Trian Fund Management, firma de investimentos com mais de US$ 10 bilhões sob gestão. Grande conhecedor do setor de consumo, ele atualmente é presidente do Conselho da rede de fast food Wendy’s e diretor na Procter & Gamble.

Sobre a Aurora, ele disse que acredita que ela está bem posicionada para capturar o desenvolvimento do mercado de cannabis ao redor do globo. E as palavras certamente não foram ditas da boca para fora, dado que no contrato da consultoria que irá prestar ele recebeu a opção de comprar uma fatia de quase 20% da empresa.

Resta saber quem será o garoto ou garota-propaganda. Algum palpite?

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

ALÔ, ACIONISTA!

B3 vai pagar R$ 389 milhões de juros sobre capital próprio

O pagamento de JCP também é uma forma de distribuir lucros, mas em vez de terem um benefício tributário para os acionistas, como ocorre com os dividendos, os Juros sobre Capital Próprio beneficiam a empresa

Projeções para 2020

Os melhores investimentos do mundo: as apostas da BlackRock para 2020

Entre os ativos preferidos da gestora global para o ano que vem estão as ações e os títulos de renda fixa dos mercados emergentes

MUDANÇAS À VISTA?

Concessionária de Viracopos ‘sinaliza’ com processo de devolução, diz ministro

No fim de novembro, a Aeroportos Brasil, administradora de Viracopos, protocolou na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) as considerações finais do processo de caducidade (extinção) do terminal de Campinas

Leilões

Governo projeta até 44 leilões para 2020, incluindo a rodovia presidente Dutra

Em 2019, segundo o ministro, o governo realizou 27 licitações. Foram 13 terminais portuários, um trecho da Ferrovia Norte-Sul, as rodovias BR-364 e 365 e 12 aeroportos

O Ibovespa e o eu do futuro

A Helena, minha filha de nove anos, e os amigos da escola decidiram escrever uma carta para o “eu do futuro” como trabalho de final de ano – hoje é o último dia de aula. Eu nunca tive esse tipo de atividade quando criança, mas já pensei várias vezes em como seria fazer algo do […]

Pelos poderes de Grayskull

Com corte na Selic e alívio na guerra comercial, o Ibovespa teve a força nessa semana

Sinalizações amigáveis do BC em relação à taxa de juros, visão positiva da agência de risco S&P quanto ao Brasil e acordo comercial entre EUA e China: eis os superpoderes do Ibovespa nesta semana

ENERGIA

Eletrobras e Ande fecham acordo sobre divisão de energia de Itaipu

Ainda de acordo com a nota, agora será possível a formalização dos contratos entre a entidade binacional e as empresas compradoras

OUÇA O QUE BOMBOU NA SEMANA

Podcast Touros e Ursos: Mais um corte na Selic. Será o último?

Os repórteres do Seu Dinheiro comentam o novo corte de 0,5 ponto na Selic e discutem os próximos passos do BC em relação à taxa de juros

Ação sobe forte

Investidor vê descoberta de fraude contábil na Via Varejo como parte da “faxina” da nova gestão

Apesar do prejuízo que pode chegar a R$ 1,4 bilhão no balanço do quarto trimestre, as ações da companhia (VVAR3) registram forte alta hoje na bolsa

Última forma

Agora que o governo voltou atrás, saque aniversário do FGTS ficou mais vantajoso

Há mais ou menos um mês eu publiquei aqui no Seu Dinheiro uma matéria sobre em quais situações o saque aniversário do FGTS valeria a pena. Trata-se de uma nova modalidade de saque do fundo de garantia em que o trabalhador pode escolher receber uma parte dos seus recursos depositados no fundo uma vez por […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements