Menu
2019-10-09T16:56:58+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Alô BC!

Guedes: Inflação baixa mostra que o Brasil tem condições de baixar juro

Ministro da Economia, Paulo Guedes, também falou que governo quer se concentrar no pacto federativo após aprovar reforma da Previdência

9 de outubro de 2019
16:56
Ministro Paulo Guedes
Ministro da Economia, Paulo Guedes - Imagem: Isac Nóbrega/PR

Ao comentar o resultado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de setembro, que teve as menores leituras em 20 anos, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que: “a inflação baixa mostra que o Brasil tem condições de baixar juros”.

“O que está acontecendo é que a economia está começando a crescer com inflação baixa”, afirmou.

No mercado, a surpresa inflacionária estimula as apostas de que o Banco Central (BC) pode alongar o ciclo de cortes, levando a Selic, que está atualmente em 5,5% para algo mais próximo dos 4% que os 4,75%, atual mediana do mercado captada pelo Focus.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Depois da Previdência

Segundo o ministro, o governo federal pretende se concentrar na discussão do pacto federativo, do qual a reforma administrativa faria parte, após a aprovação da reforma da Previdência no Senado.

Os senadores dizem ter fechado acordo para fazer a votação em segundo turno no dia 22 de outubro. As negociações envolveram a distribuição de recursos do leilão de petróleo entre Estados e municípios.

"Estamos na expectativa de o Senado aprovar a reforma da Previdência, parece que está andando tudo direitinho e, assim que fechar isso, entramos na próxima fase, que é o pacto federativo. A reforma administrativa é um capítulo desse plano maior que é o pacto federativo", disse o ministro a jornalistas, depois de ter participado de visita institucional ao jornal "Folha de S.Paulo".

O ministro foi questionado sobre se a agenda econômica poderia ser atrapalhada pela recente crise do presidente Jair Bolsonaro com o seu partido, o PSL, mas evitou responder. "Eu não entendo nada de política, troca de partido, essas coisas, não entendo nada", limitou-se a dizer.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

SUGESTÃO DE LEITURA

Estou interessada nesta criptomoeda…

Da lista de 12 criptomoedas citadas pela Helana Margarido, uma delas deve entrar em um ótimo ponto de compra nos próximos dias

Acusações de corrupção

Ex-presidente da Braskem é preso em Nova York

José Carlos Grubisich foi acusado de conspiração por violar uma lei de corrupção estrangeira dos EUA e por conspiração para lavagem de dinheiro

Próxima fase

CCJ da Câmara aprova PEC da 2ª instância

Por 50 votos a 12, comissão admitiu a proposta que abre caminho para prender condenados após a segunda instância

Ricos e famosos

Saiba como 5 celebridades entraram no clube dos bilionários

Nos últimos anos o grupo dos bilionários passou a contar com nomes bem conhecidos do público. Dois deles passaram a fazer parte da lista em 2019

Dinheiro entrando

Carlos Slim Domit anuncia plano de investimento de R$ 30 bilhões no Brasil em 3 anos

Aporte de recursos será feito para ampliar a infraestrutura necessária para o desenvolvimento de novos serviços e de armazenamento em nuvem

De cara nova

BNDES elege dois conselheiros e informa que poderá devolver até R$ 200 bilhões ao Tesouro até 2022

Marcelo Serfaty e Marcelo Sampaio foram eleitos para o Conselho de Administração do banco de fomento em Assembleia Geral Extraordinária

Esclarecendo

Campos Neto: Se câmbio contaminar inflação, atuação será via taxa de juros

Presidente do BC, Roberto Campos Neto, diz que foi mal interpretado e faz esclarecimento sobre relação do dólar com inflação e resposta do BC

Juros bancários

BC vai divulgar novo plano para mudar cheque especial ainda neste ano

Em audiência na Câmara dos Deputados, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse que é preciso fazer uma “reengenharia” do cheque especial

É dólar que sai

Fluxo cambial total em novembro até dia 14 é negativo em US$ 1,1 bilhão

Banco Central também informou que, no ano, o fluxo cambial até 14 de novembro ficou negativo em US$ 22,628 bilhões

Impeachment de Trump

Embaixador dos EUA na UE confirma que Trump pressionou Ucrânia a investigar democratas

O diplomata Gordon Sondland implicou ainda outros membros da alta administração do governo em audiência sobre o processo de impeachment do presidente

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements