Menu
Victor Aguiar
Publicações
Sem medo da corda bamba

Balança, mas não cai: apesar das instabilidades, Ibovespa tem a quarta semana de alta

O Ibovespa fechou o pregão desta sexta-feira no campo positivo, terminando a semana com um ganho acumulado de 1,27%. O novo corte na Selic e as indicações de que esse ciclo deve continuar deram ânimo à bolsa brasileira

Day after do Copom

Sem fôlego: Ibovespa correu durante a manhã, mas perdeu o embalo e fechou em queda

O Ibovespa reagiu positivamente às indicações do Copom e chegou a tocar os 106 mil pontos na máxima. Mas o índice perdeu fôlego durante a tarde, o que abriu espaço para um movimento de realização de lucros. Já o dólar à vista disparou e voltou ao nível de R$ 4,15

Para baixo e para cima

O Fed trouxe instabilidade aos mercados. Mas, ao fim do dia, o Ibovespa ficou quase parado

O Federal Reserve cortou os juros dos EUA em 0,25 ponto, mas sinais difusos emitidos pela instituição fizeram as bolsas globais oscilarem — ao fim do dia, o Ibovespa ficou praticamente no zero a zero

Índice de volta aos 104 mil pontos

Tensão no Oriente Médio? ‘Don’t worry, be happy’, canta o Ibovespa

Apesar das instabilidades no exterior, o Ibovespa conseguiu fechar em alta firme e chegou ao maior nível desde 18 de julho. O bom desempenho das ações dos bancos, varejistas e construtoras compensou a queda da Petrobras

Segunda-feira movimentada

Petróleo dispara, Petrobras sobe forte e Ibovespa fecha em leve alta, apesar da cautela no exterior

Ataques às refinarias da Aramco na Arábia Saudita elevaram a aversão ao risco no mundo e fizeram os preços do petróleo disparar. No entanto, o preço mais alto da commodity impulsionou as ações da Petrobras, compensando a cautela vista lá fora e fazendo o Ibovespa fechar no campo positivo.

Proteção para a sua carteira

Ao escalar sua seleção de ações, pense duas vezes antes de colocar Vale e Suzano na defesa

As ações das exportadoras Vale e Suzano, clássicas opções defensivas para um cenário de dólar forte, acumulam desempenho negativo no ano, pressionadas pelos preços do minério e da celulose em baixa. Se esses papéis já não têm mais o mesmo apelo defensivo de antes, quais ativos da bolsa podem ocupar o miolo da zaga do seu portfólio?

É melhor não dar bobeira

Na sexta-feira 13, o Ibovespa não deu chance ao azar e reduziu os ganhos da semana

Com as decisões de política monetária do Fed e do Copom no horizonte, os mercados preferiram não abrir espaço para maus agouros e reduziram a exposição ao risco. O Ibovespa perdeu força e fechou em queda

Nas alturas

Puxado pelos sinais do exterior, o Ibovespa voou alto e retomou os 104 mil pontos

A percepção de que EUA e China têm assumido um tom mais amigável nas negociações comerciais, somada ao pacote de estímulos anunciados pelo BCE, trouxe otimismo ao Ibovespa

Cesta de três pontos

Varejo joga bem e ajuda o time dos mercados locais: dólar cai a R$ 4,06 e Ibovespa sobe

A surpresa positiva com o resultado das vendas do varejo no Brasil, somada à tranquilidade no exterior, colocaram o dólar em baixa e o Ibovespa em alta

Batalha árdua

A Amazon quer conquistar o Brasil. Mas, antes, terá que derrotar Magazine Luiza e B2W

A Amazon lançou hoje o serviço de assinatura Prime no Brasil, dando um passo importante para aumentar a presença no e-commerce do país. Mas a companhia criada por Jeff Bezos não terá caminho fácil: Magazine Luiza e B2W estão bem consolidadas nesse setor e serão páreo duro na disputa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements