Menu
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
DESTAQUE DA BOLSA

Ação da General Shopping sobe 165% em um dia

Valorização ocorre após empresa anunciar que pagará R$ 828 milhões em dividendos

27 de dezembro de 2018
18:51 - atualizado às 19:14
Internacional Shopping Guarulhos, da General Shopping - Imagem: Divulgação/Internacional Shopping

O recorde de alta desta quinta-feira (27) na bolsa brasileira foi das ações da General Shopping, com 164,94%. A General Shopping e Outlets do Brasil é uma empresa brasileira de shopping centers criada em 1989, com 15 shoppings e 4 outlets premium pelo país. Segundo a Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Estadão, a companhia anunciou ontem que pagará R$ 828 milhões em dividendos resultantes de uma "Realização da Reserva de Lucros a Realizar" ao Fundo de Investimento Imobiliário Top Center.

No terceiro trimestre de 2018, a companhia teve prejuízo líquido de R$ 61,2 milhões, revertendo o resultado positivo de R$ 27,4 milhões obtido entre julho e setembro do ano passado. O resultado foi impactado, entre outros fatores, por uma piora na linha financeira no trimestre, que passou de prejuízo de R$ 10,9 milhões para prejuízo de R$ 85 milhões, devido à variação cambial.

Outras duas empresas de shoppings também tiveram um dia bom no Ibovespa, beneficiadas pela divulgação positiva de dados referente as vendas de Natal, segundo operadores. Iguatemi ON subiu 3,76% e Multiplan 2,84%. Ainda no setor, BRMalls teve valorização de 1,51%. Ontem, a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) divulgou levantamento que mostrou crescimento de 5,5% nas vendas de Natal em shoppings centers pelo País este ano. “Os dados mostram que deve haver uma descompressão no setor, que deve começar o ano com um cenário de melhor atividade econômica”, comenta o economista-chefe da Guide Investimentos, Victor Candido.

*Com Estadão Conteúdo

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Plataformas de investimento

BTG entra com denúncia contra a XP no Cade na disputa por agentes autônomos

Banco acusa a corretora de usar mecanismos para descumprir o acordo firmado com o órgão de defesa da concorrência para aprovar a venda de 49,9% do capital para o Itaú Unibanco. Mais especificamente, o compromisso da XP de não firmar contratos de exclusividade com os escritórios

Direto do Fórum Econômico Mundial

“O Brasil merece alguém melhor”, diz prêmio Nobel de Economia sobre Bolsonaro

Robert Shiller fez declarações sobre o presidente brasileiro durante o Fórum Econômico Mundial e completou: “ele me dá medo”

Olha a multa...

Em novo julgamento de fraude no Postalis, CVM multa acusados

Além da multa, a CVM proibiu o ex-presidente do Postalis Alexej Predtechensky, o ex-diretor financeiro Adilson da Costa e o ex-diretor da BNY Mellon Ativos e da DTVM José Carlos de Oliveira de atuarem no mercado de valores mobiliários por 70 meses

As notícias que mexeram com o seu bolso hoje

O capitão e o astronauta

O discurso de Bolsonaro e o filme que ficou fora da disputa de melhor filme no Oscar, o frango brasileiro barrado na Arábia e mais nos destaques do dia

dia 22

É o que tem para hoje

Discurso de Bolsonaro em Davos não empolga, mas não poderia ser muito diferente mesmo

Repercussão após a fala do presidente

Mourão diz que discurso de Bolsonaro em Davos foi “geral” e que detalhes das reformas só virão no Congresso

Presidente em exercício deixou claro que o detalhamento das propostas deverá ser feito com os parlamentares

Análise

Decepção ou desalinhamento de expectativas na fala de Bolsonaro?

Esperado discurso em Davos gera críticas negativas de parte do mercado por não trazer “novidades” com relação à agenda de reformas

Efeito da mudança da embaixada de Israel

Líder árabe diz que embargo saudita à carne brasileira é retaliação ao governo Bolsonaro

Amr Moussa afirmou que países árabes estão enfurecidos com a decisão de Bolsonaro de mudar a embaixada de Israel para Jerusalém; ações da BRF caem forte na bolsa

Direto do Fórum Econômico Mundial

Executivo-chefe do JPMorgan avalia que China tem desaceleração “sob controle” e espera aperto monetário do Fed em 2019

Jacob Frenkel concedeu uma entrevista exclusiva à Bloomberg TV e traçou um panorama geral dos principais pilares macroeconômicos do mundo

Novela coreana

GWI aumenta participação na Gafisa para mais de 50% e pode fazer oferta para fechar capital da empresa

Oferta pelas ações dos minoritários está prevista no estatuto da incorporadora, mas não está claro se a gestora do coreano Mu Hak You terá de cumprir o requisito. De todo modo, os analistas do Credit Suisse não veem muito potencial para os papéis da Gafisa mesmo com a oferta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu