Menu
André Franco
Crypto News
André Franco
É engenheiro e especialista em criptomoedas da Empiricus
2019-09-12T14:19:42+00:00
Crypto News

A verdadeira joia dourada: uma criptomoeda lastreada em ouro

Aproveitando a onda ouro+bitcoin, é hora de falar da stablecoin lastreada em ouro lançada pela Paxos

12 de setembro de 2019
5:55 - atualizado às 14:19
Ouro e criptomoedas
Imagem: Shutterstock

Na semana passada, falei sobre o “pacotinho” catástrofe mundial que envolvia bitcoin e ouro. Sempre lembrando que este seria a segurança e aquele a opcionalidade.

Foi quase que providencial o momento, porque, no dia seguinte, a Paxos lançou o documento descrevendo a sua stablecoin lastreada em ouro.

Para aqueles que ficaram deslocados sobre o assunto, uma rápida explicação.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

A Paxos Trust Company é uma empresa americana regulada e um custodiante autorizado pelo Estado de Nova York.

Além disso, a empresa já possui um token que tem paridade de um para um com o dólar. O PAX dólar é a definição de uma stablecoin (apresentar paridade com alguma coisa do mundo real).

Dadas as explicações iniciais, podemos voltar ao ponto inicial da conversa.

Bem, o PAXG (paxos gold) é uma criptomoeda lastreada em ouro e negociada dentro de apenas uma exchange por enquanto.

Pode ser que para muitos a mesma ideia de lastrear uma cripto em moeda fiduciária seja tão simples quanto lastrear uma cripto em ouro, mas não funciona assim.

Para criar essa paridade de uma onça de ouro por token, é necessário armazenar o ouro em algum lugar, e isso é um grande problema para o dono da iniciativa.

Até por isso os principais projetos de stablecoins que falharam foram tentativas de moedas lastreadas em ouro. Antes da paxos gold, tivemos outras 16 tentativas de stablecoins de ouro frustradas.

A Paxos resolveu o problema de custódia colocando seu ouro em Londres em padrões de altíssimo nível, como qualquer outro fundo mundial poderia fazer.

E, a partir daí, a coisa começa a ficar interessante. A paridade de um PAXG para uma onça de ouro é verificável e, devido à natureza do token, ele é divisível, com o mínimo de investimento de apenas 15 dólares.

Sim, perto dos mínimos de fundos locais, que exigem o valor de 500 ou 1.000 reais, o PAXG é mais acessível.

Claro que não espero que meus pais vão sair correndo para a frente do computador hoje e tirar dinheiro do fundo de ouro e colocar tudo em PAXG.

Essas mudanças ocorrem entre gerações e demoram anos até se tornarem mudanças “da noite para o dia”.

O PAXG de hoje é aquele projeto de vender livros online que parecia que nunca iria dar certo, até dar muito certo devido a uma mudança geracional.

Outra coisa: o PAXG não tem taxa de administração, mas possui uma taxa de 0,02 por cento, que é cobrada a cada movimentação do token no blockchain do ethereum.

O melhor de tudo é que não é preciso que cada corretora recolha a taxa devida e envie para a Paxos no futuro, pois tudo isso é programado, escrito em código e recolhido automaticamente, sem custo de back office, sistema, papelada ou necessidade de uma auditoria.

Ademais, a possibilidade de o token ser adquirido por qualquer um no mundo o torna uma opção imbatível frente a outros fundos de ouro, inclusive ETFs.

O acesso à liquidez mundial é imediato.

A sensação de que em dez anos tudo será tokenizado e obrigatoriamente registrado em um blockchain só aumenta.

A aceitação da internet e sua consolidação não vieram com a geração que a concebeu ou com aquela que a conheceu depois de adulta, mas, sim, com aqueles que nasceram em meio a ela.

Da mesma forma será com a criptoeconomia.

Os mesmos gamers que entenderam muito bem o valor de algo essencialmente digital vão ser aqueles que vão preferir o PAXG a um ETF, simplesmente pelo fato de o criptoativo ser mais próximo da realidade deles.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Cálculos da Firjan

Reforma tributária pode gerar 300 mil vagas por ano

Cálculos efetuados pela Firjan também mostram que a reforma nos impostos do país pode incrementar o consumo em até R$ 122,7 bilhões

De volta à velha política

Governo se rende às indicações políticas para aumentar base

Presidente foi convencido por ministros da área política de que premiar partidos leais a suas propostas seria a única forma de aprovar reformas

Grandes planos

“Vamos lançar nosso banco digital em mil lojas antes da Black Friday”, diz CEO da Via Varejo

Roberto Fulcherberguer tem trabalhado para que o sistema de vendas pela web esteja tinindo para a próxima Black Friday

Passou!

Centauro aprova plano de outorga para opção de compra de ações neste ano

Plano prevê que a quantidade máxima de ações vinculadas será de 7.943.848

Seu Dinheiro no domingo

Quanto rendeu o Seu Dinheiro em um ano?

Você sabe quanto o Seu Dinheiro rendeu em um ano? Não estou falando aqui do montante que você tem aplicado no banco. Mas do Seu Dinheiro mesmo, esse projeto independente de jornalismo e educação financeira que eu coordeno junto com a Olivia Alonso e que tem um time de feras como o Vinícius Pinheiro, o […]

Olhe e copie

5 coisas inteligentes que pessoas com consultores financeiros fazem com o próprio dinheiro que lhes dão uma vantagem

Nem todos querem ou podem pagar um planejador financeiro próprio. Mas que tal dar uma espiada no que eles andam aconselhando?

Enquanto isso, na Assembleia da ONU...

Promessa de ‘afagos’ teria convencido Bolsonaro a aceitar jantar com Trump

No pacote de gestos, a expectativa de auxiliares do Planalto é que Bolsonaro sente-se próximo de Trump

Poucos amigos

Major Olímpio diz que há estratégia no Congresso para desgastar Bolsonaro

Senador afirmou que parlamentares “votam projetos absurdos e depois jogam no colo do presidente a questão de vetar ou não esses dispositivos”

Série: os mais ricos do Brasil

Abilio Diniz: um bilionário bom de briga

Ele transformou a pequena doceria do pai na maior rede varejista do país e aos 82 anos continua na ativa

Papo de poder

Maia conversa com Bolsonaro sobre pauta de votações da Câmara para próxima semana

Entre os itens da pauta está o projeto de lei que trata do registro, posse e comercialização de armas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements