⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2022-08-17T20:29:27-03:00
Carolina Gama
AO PONTO

Burger King (BKBR3) sem rei? Conselho dá parecer desfavorável à tomada de controle do Mubadala

A oferta do fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos, feita em 1 de agosto, visa a aquisição de 45,15% das ações de emissão da Zamp, nova denominação da BK Brasil, ao preço de R$ 7,55 por ação — abaixo da cotação atual de R$ 8,40

17 de agosto de 2022
20:14 - atualizado às 20:29
placa do Burger King em frente a loja
Imagem: Shutterstock

Fogueira sem brasa, Burger King (BKBR3) sem rei. O Mubadala, fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos, pode ser destronado antes mesmo de tomar posse, caso os acionistas da Zamp — nova denominação da BK Brasil — aceitem a sugestão de seu conselho de administração. 

A operadora do Burger King informou nesta quarta-feira (17) que o conselho se manifestou contrário à aceitação da oferta pública voluntária para aquisição de ações ordinárias (OPA) feita pelo Mubadala. 

A oferta do dia 1 de agosto visa a aquisição de 45,15% das ações de emissão da companhia, ao preço de R$ 7,55 por ação, e movimentaria algo em torno de R$ 938,6 milhões. Assim, o Mubadala se tornaria controlador, com 50,10% do capital social da operadora do Burger King. 

Burger King (BKBR3) ao ponto

Segundo o conselho de administração, os planos estratégicos do Mubadala não diferem da estratégia atual da dona do Burger King que vem sendo apresentada aos acionistas e ao mercado em geral. 

No parecer, o conselho da Zamp diz ainda que não tem elementos suficientes para avaliar a capacidade do fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos em executar os planos estratégicos da companhia.

Como alternativa à oferta, o conselho deu duas opções aos acionistas:

  •  manter a totalidade das ações, caso acreditem que a cotação tende a aumentar, como um reflexo da recuperação da economia no contexto pós-covid e em linha com as premissas da administração; 
  • vender as ações por meio de transações privadas ou realizadas no ambiente da B3, observado que os papéis têm sido negociados por valor superior ao preço da OPA.

Em relação à segunda alternativa, a dona do Burger King lembra que a cotação das ações na B3 poderá não se manter acima do preço oferecido pelo Mubadala. 

Burger King (BKBR3) na bolsa

Em 1 de agosto, a OPA proposta pelo Mubadala provocou filas enormes no Burger King na bolsa. Na ocasião, os papéis BKBR3 encerraram o dia com alta de 19%, a R$ 7,39 — alinhada com o valor da oferta do fundo árabe.

Nesta quarta-feira (17), as ações da Zamp fecharam mais uma vez com ganhos: 1,21%, a R$ 8,40, ficando acima da proposta do Mubadala de R$ 7,55. 

Apesar da valorização desde a proposta do fundo, no longo prazo, o desempenho dos papéis do Burger King na bolsa ainda é negativo. 

Vale lembrar que, no  início do ano, as ações BKBR3 renovaram as mínimas históricas. Em meio à forte desvalorização, o Mubadala pode ter identificado uma boa oportunidade de compra.

O gráfico abaixo mostra o desempenho das ações do Burger King desde o início do ano:

Fonte: TradingViews

Os detalhes da OPA

O Mubadala quer comprar pouco mais de 124 milhões de ações do Burger King Brasil (BKBR3), ao preço de R$ 7,55 por papel — a operação, portanto, envolve quase R$ 1 bilhão. 

Uma cifra elevada, mas que, para o fundo de Abu Dhabi, é quase o dinheiro de uma casquinha de creme.

Isso porque o Mubadala tem quase US$ 300 bilhões em ativos sob gestão no mundo; somente no Brasil, em que está presente desde 2014, o fundo já fez investimentos de aproximadamente US$ 5 bilhões. 

Veja também: Nubank reporta prejuízo de US$ 29,9 milhões no segundo trimestre

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

HACK NA REDE

Hack na Binance: invasão da blockchain da corretora drenou US$ 100 milhões; investimentos dos usuários estão seguros? Entenda

7 de outubro de 2022 - 9:42

No plano de contenção de danos, a Binance pretende recompensar “hackers do bem” que encontrarem futuros bugs na rede

MERCADO EM 5 MINUTOS

Mercado em 5 Minutos: O tão esperado dia do payroll chegou

7 de outubro de 2022 - 9:08

O grande evento no âmbito internacional é a divulgação do relatório de emprego dos EUA: os famosos dados de payroll para o mês de setembro

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ibovespa abre em queda e acompanha NY após payroll; dólar opera cima de R$ 5,23

7 de outubro de 2022 - 9:03

RESUMO DO DIA: As bolsas internacionais operam sem direção definida nesta sexta-feira (7). Os investidores aguardam a divulgação do relatório de empregos de setembro, o payroll, dos EUA. No cenário doméstico, sem grandes destaques, Ibovespa deve acompanhar o desempenho do exterior. Acompanhe por aqui o que mexe com a bolsa, o dólar e os demais mercados […]

MARKET MAKERS

Os dois ‘Brasis’: Descubra as maneiras de analisar os diferentes cenários da economia brasileira

7 de outubro de 2022 - 8:48

Economia é algo complexo e baseado em variáveis que não podem ser isoladas, além de as análises também serem influenciadas pelos pontos de vista pessoais dos especialistas

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Day trade na B3: Oportunidade de lucro acima de 3% com ações da Camil (CAML3); veja a recomendação

7 de outubro de 2022 - 8:07

Identifiquei uma oportunidade de swing trade baseada na análise quant – compra dos papéis da Camil (CAML3). Saiba os detalhes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies