🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-05-21T17:17:41-03:00
Carolina Gama
PERSONA NON GRATA

A lista de Putin: veja quem são as pessoas proibidas de entrar na Rússia — Trump escapa, mas Zuckerberg não

Essa lista está sendo considerada um movimento simbólico em resposta às duras sanções impostas pelos países ocidentais pela invasão da Ucrânia, em fevereiro

21 de maio de 2022
17:04 - atualizado às 17:17
Putin
O presidente da Rússia, Vladimir Putin - Imagem: Reprodução/Flickr

Um dos maiores temores de quem vai viajar para outro país é ter sua entrada negada pela imigração. Pois é isso que vai acontecer com uma lista de figurões caso tentem ir à Rússia visitar o presidente Vladimir Putin ou conhecer a Praça Vermelha — um dos pontos turísticos mais famosos de Moscou. 

O Ministério das Relações Exteriores russo divulgou neste sábado (21) uma lista atualizada de com 1.000 norte-americanos que estão permanentemente impedidos de entrar no país. 

Essa lista está sendo considerada um movimento simbólico em resposta às duras sanções impostas pelos países ocidentais pela invasão da Ucrânia, em fevereiro.

Quem entrou e quem escapou da lista de Putin

Não há dúvidas de que o primeiro nome da lista de persona non grata de Putin é o do presidente dos EUA, Joe Biden. 

O atual chefe da Casa já havia sido proibido de visitar a Rússia desde meados de março e agora entrou na lista atualizada do governo. O antecessor de Biden, Donald Trump, conseguiu escapar. 

Durante seu governo, Trump afirmou que as relações entre EUA e Rússia estavam no melhor momento — ele chegou a dizer até que era “amigo” de Putin. 

Depois da invasão da Ucrânia pela Rússia, em 24 de fevereiro deste ano, o republicano não poupou elogios ao presidente russo, afirmando que ele “era um homem de coragem”.

Além de Biden, outras autoridades do governo norte-americano também estão barradas na Rússia: o secretário de Estado (chefe da diplomacia), Antony Blinken; o secretário de Defesa, Lloyd Austin; e o general do Exército Mark Milley, presidente do Estado-Maior Conjunto.

Sobrou até pro Zuckerberg e pro George Soros

A lista atualizada de Putin inclui ainda a vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, bem como o filho de Biden, Hunter — envolvido em polêmica durante a gestão de Trump, que o acusava de negócios escusos com a Ucrânia. 

Hillary Clinton, ex-secretária de Estado e primeira-dama dos EUA, também será barrada caso tente ir à Rússia. A democrata foi derrotada por Trump nas eleições de 2016 em meio à suspeita de interferência russa no pleito em favor do republicano. 

Putin não perdoou nem o ator Morgan Freeman — o ministério russo disse que ele foi banido por "incitar a russofobia".

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, e o investidor bilionário George Soros também estão na lista. O apoio de Soros a causas liberais e grupos no antigo bloco soviético fizeram dele um bicho-papão para a Rússia e teóricos da conspiração de direita.

Trump não foi o único

Trump, no entanto, não foi o único ex-presidente dos EUA a escapar da ira de Putin. Barack Obama também não está na lista, assim como o vice de Trump, Mike Pence. 

Mas o irmão de Pence, o deputado Greg Pence, está banido junto com 211 colegas republicanos da Câmara dos Deputados e do Senado — juntamente com 224 membros democratas de ambas as casas do Congresso dos EUA.

A presidente da Câmara, a democrata Nancy Pelosi, faz parte da lista — nesta semana ela foi proibida de receber a comunhão pelo arcebispo da Arquidiocese Católica Romana de São Francisco por causa de seu apoio ao direito ao aborto.

Putin lembrou dos canadenses também

Não foram só os norte-americanos os contemplados com a decisão de Putin de banimento. Em um comunicado separado, o Ministério das Relações Exteriores russo barrou 26 canadenses.

Entre eles estão a esposa do primeiro-ministro Justin Trudeau, Sophie Gregoire; o Comandante da Força Aérea, Eric Jean Kenny; e o Comandante do Exército, Tenente-General Jocelyn Paul.

Na última terça-feira (17), o Canadá aprovou uma legislação que proíbe mais de 1.000 russos e aliados de Putin de entrar no país.

*Com informações da CNBC

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

NO ESCURO

Ações da Light chegam a cair mais de 11% após saída de CEO — saiba se é hora de vender LIGT3

Raimundo Nonato Alencar de Castro alegou motivos pessoais; sua saída afeta todos os cargos ocupados nos órgãos da administração das subsidiárias controladas ou coligadas da empresa

CÂMBIO NA MÃO

Faz um PicPay para a gringa: empresa libera compra de moedas e transferências internacionais diretamente no aplicativo

É possível adquirir papel-moeda de mais de 20 países utilizando o saldo em carteira e cartão, à vista ou parcelado, além de enviar a receber dinheiro do exterior

POBRES RICASSOS RUSSOS

Sanções contra Putin já bloquearam US$ 30 bilhões das fortunas dos maiores bilionários da Rússia — mas não é só isso

Em 100 dias, a força-tarefa global REPO congelou em torno de US$ 300 bilhões em ativos do banco central russo

QUEDA DAS COMMODITIES

Dieta dos carboidratos: XP inicia cobertura de Camil (CAML3) e M. Dias Branco (MDIA3) — saiba qual a preferida

Com a baixa nos preços das commodities, a XP inicia a cobertura de empresas no segmento de carboidratos; com recomendação diferentes para Camil e M. Dias Branco

CAOS EM CRIPTO

Coreia do Norte está por trás do ataque que roubou US$ 100 milhões da ponte do ethereum (ETH)? Entenda

Após o Lazarus ser considerado responsável pelo maior golpe hacker da história das criptomoedas na rede do Axie Infinity, empresas acusam o país asiático de ter financiado o ataque na plataforma Horizon

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies