O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-02-09T19:12:55-03:00
Estadão Conteúdo
resultados do 4º tri

Neoenergia tem lucro aos controladores de R$ 996 milhões, alta de 61%

No acumulado de 2020, o lucro atingiu R$ 2,809 bilhões, 26% superior em relação ao R$ 2,229 bilhões anotados no exercício anterior

9 de fevereiro de 2021
19:12
Mario Ruiz-Tagle, presidente da Neoenergia
Mario Ruiz-Tagle, presidente da Neoenergia - Imagem: Vinícius Pinheiro/Seu Dinheiro

A Neoenergia, holding de energia controlada pela espanhola Iberdrola, registrou um lucro líquido atribuído aos acionistas controladores de R$ 996 milhões no quarto trimestre deste ano, alta de 61% ante os R$ 618 milhões reportados na mesma etapa de 2019.

Com isso, no acumulado de 2020, o lucro atingiu R$ 2,809 bilhões, 26% superior em relação ao R$ 2,229 bilhões anotados no exercício anterior.

A geração de caixa medida pelo Ebitda cresceu 39%, na comparação com o registrado no quarto trimestre do ano anterior, passando de R$ 1,513 bilhão para R$ 2,101 bilhões. No ano, o Ebitda aumentou 14%, para R$ 6,456 bilhões.

A receita operacional líquida totalizou R$ 10,002 bilhões entre outubro e dezembro, 39% superior aos R$ 7,215 bilhões anotados nos mesmos meses de 2019. No consolidado de 2020, a receita totalizou R$ 31,138 bilhões, alta de 13%.

O resultado financeiro da Neoenergia foi negativo em R$ 350 milhões no quarto trimestre, ligeiramente melhor que a despesa de R$ 368 milhões anotada no mesmo período do ano anterior. No ano, a despesa financeira líquida totalizou R$ 1,003 bilhão, 23% menor que o R$ 1,341 bilhão de 2019.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

PORTFÓLIO DE BILHÕES

Aposta contra a Apple (AAPL34)? Veja as mudanças que Warren Buffett, Michael Burry e investidores de elite fizeram nas carteiras

Esses pesos-pesados do mercado financeiros tomaram decisões surpreendentes no primeiro trimestre; confira as mudanças mais significativas que eles fizeram no período

DO BRASIL PRO MUNDO

Guedes tem encontro com Escobari, da General Atlantic, e vai a jantar do BTG; confira a agenda do ministro em Davos

O banqueiro André Esteves, que em abril voltou ao comando do conselho do BTG Pactual, está participando do evento na Suíça

UMA TECH ATRAENTE

É hora da Locaweb? Saiba por que o Deutsche Bank vê ponto de entrada para as ações LWSA3

Banco alemão atualizou a recomendação para a empresa de neutra para compra e vê potencial de valorização de mais de 50% para os papéis

O QUE VEM POR AÍ

Ata do Fed e IPCA-15: confira a agenda de indicadores da semana aqui e lá fora

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

CAMINHO DO MEIO

Menor rejeição e apoio interno no MDB dão vantagem a Simone Tebet; veja os rumos da senadora da terceira via

Maior desafio, segundo marqueteiros, é torná-la popular: 46% do eleitorado desconhece Simone Tebet, segundo pesquisas recentes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies