🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2021-08-17T07:55:44-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Cardápio de balanços

Reta final com IRB, Yduqs, Cruzeiro do Sul, Cemig e Gafisa – Os resultados que podem mexer com o mercado nesta terça

Empresas que deixaram para apresentar seus números do segundo trimestre no último dia do prazo ficam no radar dos investidores

17 de agosto de 2021
7:55
Balanços
Imagem: Shutterstock

A regulação estabelece um prazo de 45 dias após o fim de um trimestre para que as empresas apresentem seus resultados referentes àquele período. E alguns bastante esperados pelo mercado deixaram a tarefa literalmente para a última hora.

São os casos de IRB Brasil Re (IRBR3), Yduqs (YDUQ3), Cruzeiro do Sul (CSED3), Cemig (CMIG4) e Gafisa (GFSA3). Veja um resumo dos balanços:

IRB

Após o lucro do primeiro trimestre, a empresa de resseguros voltou a registrar prejuízo entre abril e junho, de quase R$ 207 milhões. A boa notícia é que houve queda em relação às perdas no segundo trimestre de 2020, que foram de R$ 656,7 milhões.

Segundo a companhia, a maior parte do prejuízo vem do efeito dos negócios descontinuados, com impacto negativo de R$ 190 milhões. Ao excluir esse efeito, o prejuízo teria sido de R$ 31 milhões.

Nos indicadores operacionais, os prêmios retidos caíram mais de 15%, para R$ 2,160 bilhões. O recuo foi provocado pelos negócios do IRB no exterior, de 33%. A empresa já havia declarado que faria uma revisão de seus contratos fora do Brasil.

Yduqs

A Yduqs registrou lucro líquido de R$ 116,5 milhões no segundo trimestre de 2021, revertendo o prejuízo de R$ 79,5 milhões registrado no mesmo período no ano passado. O lucro ajustado foi de R$ 143,5 milhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da holding de educação foi de R$ 348,9 milhões, 213,7% maior em relação ao mesmo intervalo de 2020. O número ajustado apontou alta de 10,1%, para R$ 359,6 milhões. 

A companhia fechou junho com 824,1 mil alunos na sua base total, crescimento anual de 9,5%. Entre os segmentos, o presencial recuou 15,3%, para 299,4 mil estudantes, enquanto o ensino digital registrou crescimento de 32,1%, para 511,4 mil alunos, e o premium (composto por Medicina e Ibmec) avançou 11,8%, para 13,3 mil, com destaque para a alta de 26,9% em Medicina (6,8 mil).

A empresa destaca que aguarda aprovação de até 450 novas vagas de Medicina pelo Ministério da Educação no segundo semestre deste ano.

Veja no vídeo uma ação que pode oferecer bons retornos para sua carteira:

Cruzeiro do Sul

Outra empresa de educação a divulgar seus números foi a Cruzeiro do Sul, que teve lucro líquido ajustado de R$ 44,6 milhões no segundo trimestre, ante R$ 5,3 milhões um ano antes.

O Ebitda ajustado cresceu 50% em relação ao segundo trimestre de 2020, para R$ 133,1 milhões. A receita líquida ficou praticamente estável na mesma comparação, com leve queda de 0,8%, para R$ 478 milhões.

A base de alunos apresentou comportamento parecido com a da Yduqs. No geral, em um ano, houve um aumento de 6,7%, com destaque para o Ensino à Distância (EAD), que cresceu 17%, ante queda de 7,1% na base presencial.

Cemig

A Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais) apresentou lucro líquido de R$ 1,946 bilhão no segundo trimestre de 2021, alta de 80% na comparação com o mesmo intervalo de 2020. No primeiro semestre, o lucro líquido saltou para quase R$ 2,4 bilhões, quase o dobro do apurado no ano passado. 

O Ebitda  consolidado apresentou um aumento de 38,8% no segundo trimestre em comparação ao mesmo período de 2020, para R$ 2,6 bilhões, enquanto o indicador ajustado somou R$ 1,3 bilhão, uma elevação de 39,2%. 

A receita líquida alcançou R$ 7,354 bilhões no período, 33,7% maior que o visto no mesmo intervalo de 2020. A Cemig encerrou junho com R$ 6,99 bilhões disponíveis em caixa. Ao final do trimestre, a dívida líquida da Cemig era de R$ 6,32 bilhões, queda de 31,4% na comparação anual.

Gafisa

A Gafisa teve lucro líquido ajustado de R$ 26,404 milhões no segundo trimestre de 2021, revertendo o prejuízo de um ano antes. No critério sem ajuste, o resultado líquido foi de R$ 13,108 milhões, ante perda de R$ 23,545 milhões na mesma base de comparação.

O Ebitda ajustado, por sua vez, cresceu quase 10 vezes eu um ano, passando de R$ 7,7 milhões para R$ 73,36 milhões.

Já a receita líquida totalizou R$ 259,2 milhões no segundo trimestre, três vezes mais que os R$ 83,8 milhões registrados na mesma época de 2020.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

POBRES RICASSOS RUSSOS

Sanções contra Putin já bloquearam US$ 30 bilhões das fortunas dos maiores bilionários da Rússia — mas não é só isso

Em 100 dias, a força-tarefa global REPO congelou em torno de US$ 300 bilhões em ativos do banco central russo

QUEDA DAS COMMODITIES

Dieta dos carboidratos: XP inicia cobertura de Camil (CAML3) e M. Dias Branco (MDIA3) — saiba qual a preferida

Com a baixa nos preços das commodities, a XP inicia a cobertura de empresas no segmento de carboidratos; com recomendação diferentes para Camil e M. Dias Branco

CAOS EM CRIPTO

Coreia do Norte está por trás do ataque que roubou US$ 100 milhões da ponte do ethereum (ETH)? Entenda

Após o Lazarus ser considerado responsável pelo maior golpe hacker da história das criptomoedas na rede do Axie Infinity, empresas acusam o país asiático de ter financiado o ataque na plataforma Horizon

EXILE ON WALL STREET

O preferido nas eleições: Confira três dicas para se garantir na briga pela última vaga do G4

Por aqui, a Terceira Via perdeu o timing da candidatura, de modo que nos resta apenas mais do mesmo, seja com Lula ou com Bolsonaro

PENSANDO NO FUTURO

Plano de expansão? Entenda por que a Via (VIIA3) quer levantar até R$ 600 milhões com emissão de debêntures

Com o dinheiro, a Via (VIIA3) prevê pagar despesas relacionadas à abertura de novas lojas da rede, incluindo reformas e compra de imóveis

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies