A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2021-09-01T20:17:36-03:00
Renato Carvalho
Nova empresa

Entenda como ficará a estrutura da nova Iguatemi (IGTA3) após reorganização proposta pela Jereissati (JPSA3)

Prêmio oferecido aos atuais acionistas da administradora de shoppings é maior que a proposta anterior, de junho; assembleia ocorre em 30 dias

1 de setembro de 2021
12:18 - atualizado às 20:17
Shopping JK Iguatemi, pertencente ao Iguatemi (IGTI11)
Fachada do shopping JK Iguatemi, em São Paulo - Imagem: Divulgação

O nome será praticamente o mesmo, mas a estrutura para os acionistas mudará bastante. Essa é a proposta feita pela Jereissati Participações (JPSA3), controladora da Iguatemi (IGTA3), para unificar a base acionária da holding e da empresa administradora de shopping centers.

Esta é a segunda proposta de reestruturação feita pelas empresas. A diferença está no prêmio oferecido na troca de ações. Em junho, a Jereissati propôs pagar 10% a mais em relação à média do preço de IGTA3 dos últimos 30 dias. Agora, essa proporção passou para 16,4%.

Detalhes da operação

Pela proposta apresentada na noite de ontem, 31, a Jereissati e a Iguatemi Empresa de Shopping Centers vão se tornar, juntas, a Iguatemi S.A.

Para isso, quem tiver uma ação IGTA3 vai receber 0,15964 papel ON e 0,31929 PN da Jereissati, que formarão Units compostas por uma ação ordinária e duas preferenciais da nova empresa.

A Iguatemi S.A. será listada no Nível 1 de Governança Corporativa da B3, mas segundo as empresas, seguirá todos os parâmetros do Novo Mercado, com exceção do veto à negociação de ações PN.

As duas companhias afirmam que o resultado da unificação terá inclusive uma proporção de ações em livre circulação no mercado (free float) de 45%, acima dos 25% exigidos pelas regras do Novo Mercado da B3.

Mas por que fazer essa reorganização?

Segundo a justificativa das empresas, a unificação das bases acionárias pode aumentar a capacidade de investimento e crescimento da Iguatemi, sem elevar o endividamento. 

Assim, a nova companhia terá mais caixa para novos projetos ou até mesmo aquisição de ativos estratégicos. Além disso, a operação deve provocar uma redução nas despesas gerais, já que termina com a necessidade de manter duas estruturas separadas para atender os acionistas, por exemplo.

As assembleias de acionistas das duas companhias para deliberar sobre a unificação foi marcada para o dia 1º de outubro.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) sente pressão do Fed e recua na semana, enquanto ethereum (ETH) sustenta alta impulsionada pela “The Merge”; entenda

18 de agosto de 2022 - 20:25

O ethereum (ETH) vence a letargia do mercado hoje ainda impulsionado pela The Merge, atualização que, segundo analista, foi enfim “descoberta” pelo mercado

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro aparece no retrovisor de Lula, mas petista ainda pode levar no primeiro turno, segundo Datafolha

18 de agosto de 2022 - 20:00

Essa é a primeira pesquisa de intenção de voto divulgada após o início oficial da campanha presidencial, que começou há dois dias

REBATEU FAKE NEWS

“Estou meio acostumada a tomar paulada”: Luiza Trajano fala sobre política, empreendedorismo e os desafios do Magalu (MGLU3)

18 de agosto de 2022 - 19:13

A empresária rebateu alguns dos principais boatos que envolvem o seu nome e comentou as perspectivas do varejo no TAG Summit 2022

MAIS UM PASSO

Unindo os jalecos: acionistas do Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) aprovam a fusão entre as companhias

18 de agosto de 2022 - 19:12

Os acionistas de Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) deram aval para a junção dos negócios das companhias; veja os detalhes

o melhor do seu dinheiro

Ibovespa faz o dever de casa, o futuro das petroleiras e quem vai ficar com Congonhas; confira os destaques do dia

18 de agosto de 2022 - 18:40

Passado o grande evento da semana — a divulgação de ontem (17) da ata da última reunião do Federal Reserve — os investidores tiveram pouco com o que trabalhar nesta quinta-feira (18), levando as bolsas globais a mais um dia de muita volatilidade.  A cautela inicial em Nova York e a subida dos juros futuros […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies