A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2021-08-16T17:08:33-03:00
Renato Carvalho
Momento ruim

Dinheiro de volta? Méliuz (CASH3) tem queda de dois dígitos após balanço do segundo trimestre – Veja por quê

Ação mais que triplicou de valor somente este ano, mas números de hoje mostraram alguns problemas nos resultados operacionais da empresa

16 de agosto de 2021
13:49 - atualizado às 17:08
Celular com logo da Méliuz na tela branca
Imagem: Shutterstock

No mercado financeiro, especialmente de ações, há sempre um balanço entre expectativa e entrega, entre passado, presente e futuro. E se a ação da Méliuz (CASH3) teve um passado recente muito positivo, o mês de agosto, e especialmente esta segunda-feira estão em um caminho diferente.

Isso porque os números da empresa no segundo trimestre acenderam um alerta sobre o que a Méliuz vai apresentar no atual período, o terceiro trimestre, e nos próximos.

Por volta das 13h40, CASH3, que acumula valorização superior a 230% em 2021, estava em baixa de 10,20%, pouco acima dos R$ 50. Em agosto, a queda é de 17%.

Os números

O prejuízo consolidado da Méliuz piorou entre abril e junho deste ano, em comparação com 2020, passando de R$ 1,6 milhão para R$ 4,6 milhões. No resultado aos controladores, passou de lucro de R$ 6,5 milhões para perdas de R$ 6,6 milhões, na mesma comparação.

As despesas com pessoal e software, além daquelas provocadas por fusões e aquisições, levaram a um Ebitda negativo de R$ 7,2 milhões. Quando se tira as despesas com as compras realizadas recentemente, ainda assim o indicador fica negativo em R$ 2,4 milhões.

O lado positivo do balanço da Méliuz está nas receitas, que quase dobraram em relação ao segundo trimestre do ano passado, para mais de R$ 106 milhões.

Veja uma outra ação que pode ter valorização expressiva nos próximos meses:

Então, o que pensam os analistas?

Em relatório sobre o balanço da empresa, a XP classifica os resultados operacionais como fracos, mesmo quando se considera os custos para integração das empresas adquiridas recentemente.

Ao mesmo tempo em que conseguiu diminuir as despesas com cashback, a Méliuz teve um resultado ruim no segmento de serviços financeiros, com queda de 8% nas receitas em relação ao primeiro trimestre.

Mesmo fazendo essa ressalva, a XP afirma que continua otimista com a empresa, que “ainda apresenta fundamentos sólidos para um sucesso de longo prazo”, dizem os analistas da casa. 

Entre estes fundamentos, a XP cita: 

  • os 39 milhões de clientes, com abertura de 39 mil contas por dia útil no segundo trimestre, 
  • 8,8 milhões de usuários ativos, 
  • 6 milhões de solicitações de cartões de crédito com o Banco Pan 
  • R$ 3,7 bilhões em volume de produtos vendidos (GMV).
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) sente pressão do Fed e recua na semana, enquanto ethereum (ETH) sustenta alta impulsionada pela “The Merge”; entenda

18 de agosto de 2022 - 20:25

O ethereum (ETH) vence a letargia do mercado hoje ainda impulsionado pela The Merge, atualização que, segundo analista, foi enfim “descoberta” pelo mercado

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro aparece no retrovisor de Lula, mas petista ainda pode levar no primeiro turno, segundo Datafolha

18 de agosto de 2022 - 20:00

Essa é a primeira pesquisa de intenção de voto divulgada após o início oficial da campanha presidencial, que começou há dois dias

REBATEU FAKE NEWS

“Estou meio acostumada a tomar paulada”: Luiza Trajano fala sobre política, empreendedorismo e os desafios do Magalu (MGLU3)

18 de agosto de 2022 - 19:13

A empresária rebateu alguns dos principais boatos que envolvem o seu nome e comentou as perspectivas do varejo no TAG Summit 2022

MAIS UM PASSO

Unindo os jalecos: acionistas do Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) aprovam a fusão entre as companhias

18 de agosto de 2022 - 19:12

Os acionistas de Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) deram aval para a junção dos negócios das companhias; veja os detalhes

o melhor do seu dinheiro

Ibovespa faz o dever de casa, o futuro das petroleiras e quem vai ficar com Congonhas; confira os destaques do dia

18 de agosto de 2022 - 18:40

Passado o grande evento da semana — a divulgação de ontem (17) da ata da última reunião do Federal Reserve — os investidores tiveram pouco com o que trabalhar nesta quinta-feira (18), levando as bolsas globais a mais um dia de muita volatilidade.  A cautela inicial em Nova York e a subida dos juros futuros […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies