Independência do Banco Central vai acabar? Entenda melhor aqui

Cotações por TradingView
2021-03-15T18:54:27-03:00
Estadão Conteúdo
Retomada econômica

Prévia do PIB vem acima do esperado pelo mercado, subindo 1,04% na passagem de dezembro a janeiro

O IBC-Br serve como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses

15 de março de 2021
12:20 - atualizado às 18:54
Indústria em queda
Depois do apagão das redes sociais, os dados domésticos de produção industrial devem movimentar os negócios - Imagem: Shutterstock

Após a forte retração nos meses de março e abril de 2020, em meio à pandemia do novo coronavírus, a atividade econômica brasileira apresentou o nono mês consecutivo de alta.

O Banco Central informou nesta segunda-feira, 15, que seu Índice de Atividade (IBC-Br) subiu 1,04% em janeiro ante dezembro, na série já livre de influências sazonais. Em dezembro, o avanço havia sido de 0,71% (dado revisado).

A variação do índice em janeiro é a maior desde setembro de 2020, quando havia subido 1,83%.

Os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre a economia, apesar de percebidos em fevereiro de 2020, se intensificaram em todo o mundo a partir de março do ano passado.

Para conter o número de mortos, o Brasil adotou o distanciamento social em boa parte do território, o que impactou a atividade econômica. Os efeitos negativos foram percebidos principalmente em março e abril. Nos últimos meses, porém, o IBC-Br demonstrou reação.

De dezembro para janeiro, o índice de atividade calculado pelo BC passou de 138,86 pontos para 140,30 pontos na série dessazonalizada. Este é o maior patamar desde maio de 2015 (141,05 pontos).

Na comparação entre os meses de janeiro de 2021 e janeiro de 2020, houve baixa de 0,46% na série sem ajustes sazonais, abaixo da mediana esperada pelo mercado, de queda de 1,35%. Esta série encerrou com o IBC-Br em 132,99 pontos em janeiro.

O IBC-Br acumulou baixa de 4,04% em 12 meses até janeiro, informou o Banco Central. O porcentual diz respeito à série sem ajustes sazonais.

O índice registrou alta de 2,77% no acumulado do trimestre encerrado em janeiro de 2021, na comparação com os três meses anteriores (agosto a outubro), pela série ajustada sazonalmente. O IBC-Br acumulou alta de 0,19% no trimestre até janeiro de 2021 ante o mesmo período entre novembro de 2019 e janeiro de 2020, pela série sem ajustes sazonais.

Conhecido como uma espécie de "prévia do BC para o PIB", o IBC-Br serve mais precisamente como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

MERCADOS HOJE

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais sobem em dia de IPCA e balanço do Bradesco

9 de fevereiro de 2023 - 7:05

RESUMO DO DIA: As bolsas de valores estrangeiras amanheceram no azul. Os investidores reagem a balanços positivos de empresas dos Estados Unidos e da Europa. Por aqui, o mercado prepara-se para o IPCA de janeiro. Também monitora a trégua na queda de braço entre o governo do presidente Lula e o Banco Central.

Lá vem bomba

Com Americanas no radar, analistas se preparam para o pior no balanço do Bradesco (BBDC4) no 4T22

9 de fevereiro de 2023 - 6:21

Bradesco publica resultados do quarto trimestre de 2022 nesta quinta-feira (9), após o fechamento do mercado

LOTERIAS

Mega-Sena sai pela primeira vez em 2023; veja de onde são os novos milionários brasileiros

9 de fevereiro de 2023 - 5:54

Mega-Sena estava acumulada desde o sorteio da virada; Lotofácil saiu para apostadores de 3 diferentes capitais

ESTRADA DO FUTURO

Nem o ChatGPT escapou do cancelamento das redes sociais. Por favor, não seja essa pessoa que discute com a inteligência artificial

9 de fevereiro de 2023 - 5:50

Em várias threads nas redes, vi pessoas obstinadas a vencerem uma discussão criada por elas mesmas contra algumas linhas de código

DIA 39

Cabo de guerra: Lula ganha reforço nas críticas ao BC — e deixa Rui Costa e Haddad do outro lado da corda

8 de fevereiro de 2023 - 20:40

Insatisfeito com o Banco Central, que na semana passada manteve a Selic em 13,75%, Lula tem protagonizado uma ofensiva sobre o presidente da autoridade monetária, Roberto Campos Neto — também pelo fato de ver nele um bolsonarista no governo que não pode ser demitido

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies