2021-03-30T17:25:35-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
cripto pagamentos

PayPal passa a aceitar pagamentos em Bitcoin nos EUA

O recurso permitirá transações com Bitcoins, Litecoins, Ethereums ou Bitcoin cashes, as principais criptomoedas do mercado, sem a cobrança de taxas adicionais

30 de março de 2021
9:06 - atualizado às 17:25
Imagem: Shutterstock

Depois de a Visa passar a processar pagamentos com stablecoins, outra empresa grande está caminhando na direção dos criptoativos. A partir desta terça-feira (30), o PayPal passa a aceitar pagamentos em criptomoedas nos Estados Unidos

Batizado de "Checkout with Cypto", o recurso permitirá transações com Bitcoins, Litecoins, Ethereums ou Bitcoin cashes, as principais criptomoedas do mercado, e o melhor: sem a cobrança de taxas adicionais.

"À medida que o uso de pagamentos e moedas digitais se acelera, a introdução do Checkout with Crypto é a continuidade de nosso trabalho de impulsionar a adoção de criptomoedas, enquanto oferecemos aos clientes do PayPal escolha e flexibilidade nas formas de pagamento", diz o CEO do PayPal, Dan Schulman, em nota.

"Permitir que as criptomoedas façam compras em empresas ao redor do mundo é o próximo capítulo para impulsionar a onipresença e a aceitação em massa das moedas digitais", acrescenta.

A plataforma explica que todas as transações em criptomoedas serão liquidadas em dólares, de acordo com uma tabela de conversão do PayPal. A Visa também quer passar a fazer transações em Bitcoins, como foi anunciado na semana passada.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Quando grandes instituições aumentam sua procura por criptomoedas, além de validar a segurança desse tipo de ativo, suas cotações também costumam sentir os efeitos. Depois de uma semana difícil, flertando com uma queda abaixo dos US$ 50 mil, o Bitcoin (BTC) encostou novamente na marca de sua maior valorização histórica de US$ 60 mil

Por volta das 9h, a principal criptomoeda do mundo operava em alta de 2,05%, aos US$ 59.152,14. Mas as outras também não ficaram para trás, com a Ethereum (ETH), segunda mais importante, também registrando alta de 8,91%, aos US$ 1.846,37, e o Binance Coin (BNB) também subindo 8,94%, aos US$ 296,82.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Fraqueza nos números

Entrega de veículos da Tesla (TSLA34) recua no segundo trimestre e vem abaixo da expectativa do mercado

Apesar do crescimento das vendas na comparação anual, houve uma queda em relação ao trimestre anterior

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização