O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-03-30T17:25:35-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
cripto pagamentos

PayPal passa a aceitar pagamentos em Bitcoin nos EUA

O recurso permitirá transações com Bitcoins, Litecoins, Ethereums ou Bitcoin cashes, as principais criptomoedas do mercado, sem a cobrança de taxas adicionais

30 de março de 2021
9:06 - atualizado às 17:25
shutterstock_1916118400
Imagem: Shutterstock

Depois de a Visa passar a processar pagamentos com stablecoins, outra empresa grande está caminhando na direção dos criptoativos. A partir desta terça-feira (30), o PayPal passa a aceitar pagamentos em criptomoedas nos Estados Unidos

Batizado de "Checkout with Cypto", o recurso permitirá transações com Bitcoins, Litecoins, Ethereums ou Bitcoin cashes, as principais criptomoedas do mercado, e o melhor: sem a cobrança de taxas adicionais.

"À medida que o uso de pagamentos e moedas digitais se acelera, a introdução do Checkout with Crypto é a continuidade de nosso trabalho de impulsionar a adoção de criptomoedas, enquanto oferecemos aos clientes do PayPal escolha e flexibilidade nas formas de pagamento", diz o CEO do PayPal, Dan Schulman, em nota.

"Permitir que as criptomoedas façam compras em empresas ao redor do mundo é o próximo capítulo para impulsionar a onipresença e a aceitação em massa das moedas digitais", acrescenta.

A plataforma explica que todas as transações em criptomoedas serão liquidadas em dólares, de acordo com uma tabela de conversão do PayPal. A Visa também quer passar a fazer transações em Bitcoins, como foi anunciado na semana passada.

Quando grandes instituições aumentam sua procura por criptomoedas, além de validar a segurança desse tipo de ativo, suas cotações também costumam sentir os efeitos. Depois de uma semana difícil, flertando com uma queda abaixo dos US$ 50 mil, o Bitcoin (BTC) encostou novamente na marca de sua maior valorização histórica de US$ 60 mil

Por volta das 9h, a principal criptomoeda do mundo operava em alta de 2,05%, aos US$ 59.152,14. Mas as outras também não ficaram para trás, com a Ethereum (ETH), segunda mais importante, também registrando alta de 8,91%, aos US$ 1.846,37, e o Binance Coin (BNB) também subindo 8,94%, aos US$ 296,82.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

PORTFÓLIO DE BILHÕES

Aposta contra a Apple (AAPL34)? Veja as mudanças que Warren Buffett, Michael Burry e investidores de elite fizeram nas carteiras

Esses pesos-pesados do mercado financeiros tomaram decisões surpreendentes no primeiro trimestre; confira as mudanças mais significativas que eles fizeram no período

DO BRASIL PRO MUNDO

Guedes tem encontro com Escobari, da General Atlantic, e vai a jantar do BTG; confira a agenda do ministro em Davos

O banqueiro André Esteves, que em abril voltou ao comando do conselho do BTG Pactual, está participando do evento na Suíça

UMA TECH ATRAENTE

É hora da Locaweb? Saiba por que o Deutsche Bank vê ponto de entrada para as ações LWSA3

Banco alemão atualizou a recomendação para a empresa de neutra para compra e vê potencial de valorização de mais de 50% para os papéis

O QUE VEM POR AÍ

Ata do Fed e IPCA-15: confira a agenda de indicadores da semana aqui e lá fora

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

CAMINHO DO MEIO

Menor rejeição e apoio interno no MDB dão vantagem a Simone Tebet; veja os rumos da senadora da terceira via

Maior desafio, segundo marqueteiros, é torná-la popular: 46% do eleitorado desconhece Simone Tebet, segundo pesquisas recentes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies