Insights de investimento, análises de mercado e muito mais! Siga o Seu Dinheiro no Instagram

2021-09-30T16:58:01-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Aceita bitcoin?

Visa constrói ‘adaptador universal’ para conectar bitcoin e criptomoedas de diferentes blockchains; objetivo é viabilizar pagamentos com criptos

O dispositivo permitirá, segundo a companhia, a conexão de moedas digitais, incluindo as de bancos centrais, construídas em várias redes

30 de setembro de 2021
16:57 - atualizado às 16:58
Moeda de bitcoin sobre um cartão da Visa
A Visa trabalha para expandir diversas frentes de atuação em criptomoedas.Imagem: Shutterstock

A Visa deu mais um passo rumo ao objetivo de viabilizar o uso do bitcoin e outras criptomoedas, incluindo as moedas digitais de bancos centrais (CBDCs, na sigla em inglês), para transações do dia a dia.

A companhia anunciou o desenvolvimento do Universal Payments Channel (UPC) — canal universal de pagamentos, em tradução livre —, conceito que funciona como uma espécie de adaptador para conectar criptomoedas, stablecoins e CBDCs de diferentes redes blockchain.

A gigante dos pagamentos destaca que os ativos digitais irão desempenhar um papel essencial na vida financeira das pessoas no futuro e, para que sejam bem-sucedidos, é preciso que ofereçam uma boa experiência de consumo, com a capacidade de fazer e receber pagamentos, independentemente da moeda, canal ou formato.

E é aí que entra o conceito UPC da Visa. O dispositivo permitirá, segundo a companhia, a conexão de moedas digitais de bancos centrais construídas em várias blockchains.

Isso será possível com o uso do hub UPC, “que atua como porta de entrada para receber solicitações de pagamento de remetentes registrados e os encaminha para destinatários registrados”, conforme explica a empresa em comunicado.

Outros planos para as criptomoedas

Além do UPC, a Visa trabalha para expandir outras frentes de atuação cripto. Em entrevista exclusiva ao Seu Dinheiro, Eduardo Abreu, vice-presidente de novos negócios da empresa no Brasil, revelou que a companhia tem a intenção de auxiliar corretoras a processar pagamentos em criptomoedas no país.

A empresa está de olho em um mercado que movimentou US$ 1 bilhão no primeiro semestre, mas dá toda a pinta de que está apenas no começo. “A grande vantagem da adoção do bitcoin é, sem dúvida, a facilidade”, afirma Abreu. “Sem precisar trocar uma moeda fiat [“fiduciária”, a moeda corrente do país], existe uma otimização das trocas na hora de usar bitcoin.” 

A Visa trabalha com algumas corretoras de cripto (exchanges) e empresas para lançar um cartão conectado à conta. No Brasil, três nomes estão no projeto: Zro Bank, Alterbank e Rippio.

Mas o cartão ligado a uma exchange ainda é um pequeno passo. A ideia é aproximar ainda mais o mundo das criptomoedas da vida financeira diária das pessoas e conectar a conta nos bancos convencionais com a tecnologia em criptomoedas.

Abreu comenta que a Visa tem planos de desenvolver aplicações (APIs, no termo técnico) para unir os bancos tradicionais com os produtos criptográficos. Dessa forma, seria possível fazer investimentos em criptomoedas e ações, ETFs, entre outros, dentro de uma mesma plataforma.

Atualização do BITCOIN, Solana em destaque, RISCOS regulatórios e Coinbase x SEC | Saiba tudo sobre o que movimenta o universo das criptomoedas na 2º edição do Papo Cripto e inscreva-se no canal do Seu Dinheiro no Youtube para mais conteúdos exclusivos:

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

DESTAQUES DA BOLSA

Incorporadoras da B3 sobem forte com novidades no programa Casa Verde e Amarela; veja quais ações mais ganham com as atualizações

As mudanças já anunciadas e outras ainda em discussão no Ministério do Desenvolvimento Regional trazem alívio ao segmento hoje

O pior já passou?

De volta ao céu? JP Morgan recomenda compra das ações da Cielo (CIEL3) e ações disparam na bolsa

Para os analistas do banco americano, a Cielo tem se mostrado eficiente em conter custos e repassar o preço aos seus clientes

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Não confie em alguém maior de idade que nunca tenha ido lá

Em um mundo ideal, eu evitaria investir em estatais, mas, o mercado morto de fome nos convida a alimentar o corpo e a alma com as saborosas ELET3, PETR4 e BBAS3 no Ibovespa

DE VOLTA À MESA

Privatização da Petrobras (PETR4) vai acontecer? Para Guedes, se Bolsonaro for reeleito, sim; confira o que disse o ministro em Davos

O ministro da Economia ainda afirmou que o Brasil está saindo da crise “na frente da curva” e que a inflação no país poderia ter atingido o pico e logo começaria a recuar

UM INIMIGO A ESPREITA

Bitcoin (BTC) cai para US$ 28 mil e ameaça mercado de criptomoedas com liquidação de US$ 1,73 bilhão prevista para amanhã; entenda

Enquanto voltamos ao mesmo patamar de medo, a velha Regra da Morte está no radar dos investidores por mais um dia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies