A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

O melhor do Seu Dinheiro
Renato Carvalho
2021-08-19T08:56:34-03:00
O melhor do seu dinheiro

O que mexe com seu dinheiro: intervenções do governo da China e seus impactos no mercado, pedido de IPO da Lupo e reação à ata do Fed

19 de agosto de 2021
8:56
bandeira da China
O setor imobiliário chinês deve seguir pressionando as bolsas, apesar da recuperação do subíndice de Hong Kong - Imagem: Divulgação

É difícil haver uma conversa sobre economia de modo geral, principalmente sobre o mercado de ações, que não envolva a China. Afinal, é impossível ignorar aquela que deve ser a maior economia do mundo em 2030.

Mas a relevância chinesa vai além dos números e do seu tamanho. É possível dizer que o gigante asiático desperta em nós, ocidentais, um misto de curiosidade, fascínio e até mesmo receio.

Como explicar que um país governado com mão de ferro pelo Partido Comunista possa ser uma economia de mercado, aberta para receber investimentos estrangeiros e fazer negócios inclusive com os Estados Unidos?

Não é fácil entender como, mesmo sendo o país de origem da pandemia de covid-19, com 1,4 bilhão de habitantes, a China conseguiu limitar o número de mortes a menos de 5 mil, segundo os números oficiais.

É claro que a história milenar da China é muito rica. Por exemplo, se os ingleses foram os pioneiros no futebol como o conhecemos hoje, os chineses praticavam o tsu-chu, chutando bolas de couro lá por volta do ano 2.500 antes de Cristo.

Mas a fatia da longa trajetória chinesa que pode ajudar a esclarecer (ao menos em parte) a complexidade da relação do país com o restante do mundo, especialmente com o ocidente, está localizada no tempo após a Segunda Guerra Mundial.

E na coluna Seu Mentor de Investimentos, Ivan Sant’Anna conta como essa história, que passa por Mao Tsé-Tung e pelos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008, ajuda a entender as intervenções do governo da China que impactam os mercados em todo o planeta.

E ele responde a pergunta: essas intervenções representam risco ou oportunidade para quem investe em ações de empresas brasileiras? Vale conferir a resposta.

O que você precisa saber hoje

ESQUENTA DOS MERCADOS
Ata do Fed repercute nas bolsas e Ibovespa deve cair hoje com risco fiscal e aumento de cautela no radar. Os bons dias da bolsa brasileira parecem ter ficado para trás e o clima da eleição de 2022 tomou conta das decisões do Congresso.

FERNANDO CIRNE, DA LOCAWEB
Quem ainda não migrou para o e-commerce, fique tranquilo (mas nem tanto). Os empreendedores que se adaptaram rapidamente ao modelo conseguiram aumentar as vendas, mesmo no período de pandemia. E fica claro que o varejista que souber usar o online ganha vantagem em relação ao concorrente.

DESEMPENHO DE ALTO NÍVEL 
Na briga com os gigantes? Caixa mais que dobra lucro e tem melhor segundo trimestre da história – Veja os números. Banco consegue ultrapassar marca importante nos seis primeiros meses de 2021, quando realizou IPO da Caixa Seguridade e saída do Banco Pan.

ROUPA NOVA NA B3
Uma centenária na Bolsa? Lupo protocola pedido de IPO na CVM. O objetivo com a oferta é acelerar o crescimento orgânico e inorgânico da fabricante de roupas íntimas, meias e artigos esportivos. 

DONAS DO ROJÃO
Recuperação judicial da Samarco pode custar R$ 50 bilhões para Vale (VALE3) e BHP; veja por quê. O Ministério Público pede que as empresas, que são donas da mineradora, arquem com todas as dívidas previstas na recuperação.

CHEIA DE ENERGIA
Petrobras (PETR4) amplia oferta de combustíveis e quadruplica geração térmica. Medida da estatal permitiu aumentar a geração termelétrica de suas usinas e clientes de 2 mil megawatts (MW) para quase 8 mil MW.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) sente pressão do Fed e recua na semana, enquanto ethereum (ETH) sustenta alta impulsionada pela “The Merge”; entenda

18 de agosto de 2022 - 20:25

O ethereum (ETH) vence a letargia do mercado hoje ainda impulsionado pela The Merge, atualização que, segundo analista, foi enfim “descoberta” pelo mercado

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro aparece no retrovisor de Lula, mas petista ainda pode levar no primeiro turno, segundo Datafolha

18 de agosto de 2022 - 20:00

Essa é a primeira pesquisa de intenção de voto divulgada após o início oficial da campanha presidencial, que começou há dois dias

REBATEU FAKE NEWS

“Estou meio acostumada a tomar paulada”: Luiza Trajano fala sobre política, empreendedorismo e os desafios do Magalu (MGLU3)

18 de agosto de 2022 - 19:13

A empresária rebateu alguns dos principais boatos que envolvem o seu nome e comentou as perspectivas do varejo no TAG Summit 2022

MAIS UM PASSO

Unindo os jalecos: acionistas do Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) aprovam a fusão entre as companhias

18 de agosto de 2022 - 19:12

Os acionistas de Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) deram aval para a junção dos negócios das companhias; veja os detalhes

o melhor do seu dinheiro

Ibovespa faz o dever de casa, o futuro das petroleiras e quem vai ficar com Congonhas; confira os destaques do dia

18 de agosto de 2022 - 18:40

Passado o grande evento da semana — a divulgação de ontem (17) da ata da última reunião do Federal Reserve — os investidores tiveram pouco com o que trabalhar nesta quinta-feira (18), levando as bolsas globais a mais um dia de muita volatilidade.  A cautela inicial em Nova York e a subida dos juros futuros […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies