O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

Rodolfo Amstalden
Exile on Wall Street
Rodolfo Amstalden
Sócio-fundador da Empiricus e autor do Programa de Riqueza Permanente
2021-10-07T10:53:19-03:00
Quando nem todo cuidado é o bastante

As lições do apagão do Facebook para os investidores obcecados por segurança

Os custos ocultos do desejo de controle por vezes são substancialmente maiores do que eventuais riscos explícitos do descontrole e da desinformação

7 de outubro de 2021
10:53
Portões fechados com cadeado
Portões fechados: Tesouro Direto não funciona em dia de volatilidade - Imagem: Shutterstock

Sim, nós acreditamos em hedge.

Sim, nós compreendemos o argumento do barbell talebiano, em que 80% do seu patrimônio deve ser alocado em ativos à prova de falência.

Sim, nós defendemos que o único critério racional para tomar decisões de investimento é a maximização da sobrevivência.

Mas nem por isso vamos tratar o book de seguros como a bailarina do Chico Buarque.

Os defeitos do book de seguros

Assim como nós, marginais alados, o book de seguros também tem seus defeitos.

Veja só a situação do Facebook e as lições que esse episódio de queda de sistemas traz para o investidor pretensamente bullet-proof, que deseja fiscalizar sua carteira o tempo todo, nos mínimos detalhes, e é obcecado por segurança.

Tudo começou com uma manutenção preventiva de rotina, durante a qual um comando foi dado visando obter informações sobre a capacidade disponível do backbone global do FB.

Devido a um erro, esse comando acabou derrubando todas as conexões da rede, gerando um efeito em cadeia que desconectou data centers do Facebook no mundo inteiro.

Irônico, não?

Você dá um comando para ver se a capacidade está ok, e aquele mesmo comando destrói completamente sua capacidade.

Isso remete aos custos ocultos do desejo de controle e monitoramento, por vezes substancialmente maiores do que eventuais riscos explícitos do descontrole e da desinformação.

Ao monitorar os downticks do mercado a cada microssegundo, investidores se apavoram, vendem a qualquer preço e potencializam coletivamente a derrocada de suas alocações em bolsa.

Ao buscarem a prevenção de adiantar liquidez para se protegerem de possíveis futuros resgates, gestores provocam seus futuros resgates.

A opção por máxima proteção não é algo trivial

Pois bem, uma vez instaurado o problema, a única forma de corrigi-lo era levar os engenheiros do FB para dentro dos data centers, já que o acesso remoto havia sido cortado.

No entanto, assim que adentraram os espaços físicos, os engenheiros perceberam que a restauração dos sistemas ainda levaria um bom tempo.

Os níveis de segurança dos data centers são tão elevados que até mesmo os funcionários da própria empresa enfrentam enormes dificuldades para acessá-los e reconfigurá-los.

A opção por máxima proteção não é nada trivial, pois esbarra em trade-offs duríssimos.

Quanto mais nos protegemos pensando em cenários ruins, menos nos protegemos de outros cenários ruins (não imaginados) e menos nos liberamos para tirar proveito dos eventuais cenários bons (a virada pode ser rápida).

Você pode dormir tranquilo com o conforto do seu book de seguros devidamente montado. Bons sonhos, bebê!

E pode também acordar com a pior ressaca do mundo: aquela que aflige a única pessoa que não foi convidada para a festa.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

PORTFÓLIO DE BILHÕES

Aposta contra a Apple (AAPL34)? Veja as mudanças que Warren Buffett, Michael Burry e investidores de elite fizeram nas carteiras

Esses pesos-pesados do mercado financeiros tomaram decisões surpreendentes no primeiro trimestre; confira as mudanças mais significativas que eles fizeram no período

DO BRASIL PRO MUNDO

Guedes tem encontro com Escobari, da General Atlantic, e vai a jantar do BTG; confira a agenda do ministro em Davos

O banqueiro André Esteves, que em abril voltou ao comando do conselho do BTG Pactual, está participando do evento na Suíça

UMA TECH ATRAENTE

É hora da Locaweb? Saiba por que o Deutsche Bank vê ponto de entrada para as ações LWSA3

Banco alemão atualizou a recomendação para a empresa de neutra para compra e vê potencial de valorização de mais de 50% para os papéis

O QUE VEM POR AÍ

Ata do Fed e IPCA-15: confira a agenda de indicadores da semana aqui e lá fora

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

CAMINHO DO MEIO

Menor rejeição e apoio interno no MDB dão vantagem a Simone Tebet; veja os rumos da senadora da terceira via

Maior desafio, segundo marqueteiros, é torná-la popular: 46% do eleitorado desconhece Simone Tebet, segundo pesquisas recentes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies