Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-03-25T10:55:39-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Reforço de caixa

Usiminas vai receber R$ 393,9 milhões em acordo com fundo de pensão

Siderúrgica entrou na Justiça no ano passado para deixar de fazer o pagamento mensal do programa de amortização do déficit do plano e vai receber valor pago a mais em 30 dias

25 de março de 2020
10:55
Funcionários da Usiminas
Imagem: Divulgação

A Usiminas vai ganhar um reforço e tanto para o caixa em tempos de crise do coronavírus. A siderúrgica anunciou que vai receber R$ 393,9 milhões do acordo fechado com o fundo de pensão da companhia.

A empresa entrou na Justiça no ano passado para deixar de fazer o pagamento mensal do programa de amortização do déficit do Plano de Previdência Complementar PB1 da Previdência Usiminas.

O acordo firmado com o fundo de pensão foi homologado pela Justiça e extingue o processo.

O valor que a Usiminas vai receber em até 30 dias se refere a parte dos ganhos atuariais obtidos pelo Plano PB1 em 2016, 2017 e 2018 e que foram pagos a mais pela empresa.

O restante (R$ 322,6 milhões) será usado para quitar o saldo remanescente do contrato firmado em 2001 entre a companhia e o fundo de pensão.

Esse contrato será substituído agora por um termo de compromisso, no qual a siderúrgica assumiu a obrigação de aportar contribuições extraordinárias para equacionar eventuais déficits até o integral cumprimento das obrigações do Plano PB1.

No pregão de hoje da B3, as ações PNA da Usiminas (USIM5) eram negociadas em alta de 6,97% por volta das 10h35. Leia também nossa cobertura completa de mercados hoje.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Analistas respondem

Marcopolo (POMO4) perdeu metade do valor desde o início da pandemia, mas está pronta para a retomada. Hora de comprar a ação?

A queda das ações trouxe uma oportunidade para que os investidores comprem os papéis, mas analistas ainda alertam para os riscos da retomada

Derretendo no pregão

Por que o minério de ferro perdeu mais da metade do valor em poucos meses, impactando Vale e siderúrgicas

O preço da tonelada derreteu 8,80% nas vendas do porto de Qingdao, na China. Com isso, a principal commodity metálica do mundo passou a custar US$ 92,98

RAIO-X DE UM GIGANTE CAÍDO

Quem é a Evergrande, a gigante chinesa que está assustando os mercados globais

Da ascensão meteórica ao recorde mundial de endividamento em seu setor, conheça a história da megaincorporadora que nos últimos dias tem causado calafrios nos investidores

Exile on Wall Street

Tic-tac para Evergrande: entenda o que está em jogo com a crise de crédito envolvendo a incorporadora chinesa

Havia outros planos para este Day One. A realidade insiste em sua agressividade e seu não comedimento, atropelando de maneira avassaladora qualquer planejamento. “O campo escala”, ensina o filósofo Tite. Futuros de Wall Street em queda significativa, commodities em forte baixa, dólar em alta, corrida para os títulos do Tesouro norte-americano. “Ah, e as criptomoedas?” […]

Dinheiro na conta

Com dividendo bilionário, Copel (CPLE6) se salva da queda generalizada da bolsa

Estatal paranaense de energia anunciou que vai pagar R$ 1,4 bilhão em dividendos e Juros sobre o Capital Próprio (JCP) aos acionistas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies