💸 Você pode receber R$ 120 para investir; veja como solicitar o depósito aqui

Cotações por TradingView
2020-02-18T15:47:27-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Novidade na área de tecnologia

De olho na concorrência, Totvs lança oferta de crédito consignado privado em parceria com BV e Creditas

Gigante de tecnologia quer garantir processos mais eficientes e automatizados na hora de conceder o crédito

18 de fevereiro de 2020
15:47
totvs
Imagem: Divulgação/ Instagram da Totvs

A gigante de tecnologia brasileira Totvs anunciou nesta terça-feira (18) uma parceria do seu segmento Techfin com os bancos BV e Creditas para oferta de crédito consignado privado. Na prática, o projeto vai possibilitar que os clientes empresariais Totvs disponibilizem o crédito diretamente para seus funcionários.

De acordo com comunicado da empresa, a linha de crédito virá com algumas vantagens, como o acesso a taxas mais baixas em comparação a outras do mercado e a tomada de crédito sem a necessidade de se deslocar do ambiente de trabalho.

Além disso, a participação da Totvs no acordo visará a garantia de processos mais eficientes e automatizados na hora de conceder o crédito. Já os bancos BV e Creditas ficarão responsáveis pela análise de crédito, disponibilização de recursos e operação financeira.

Objetivo maior

A novidade da Totvs é mais um dos passos da companhia na busca pela reinvenção. Isso porque a crescente concorrência no mercado de tecnologia tem motivado a empresa a buscar novos negócios.

No início do mês, o presidente Dennis Herszkowicz afirmou em entrevista exclusiva para o Seu Dinheiro que é crescente as tentativas de empresas de outros setores de avançar no setor de TI. Disse ainda que, hoje em dia, é cada vez mais comum que uma única companhia ofereça serviços de tecnologia, de modo a atender boa parte da demanda dos clientes.

Entre alguns exemplos estão bancos, fintechs e empresas de e-commerce na área de tecnologia.

Diante desse cenário, a Totvs acessou o mercado para fortalecer suas estruturas financeiras: em maio, a companhia captou cerca de R$ 1 bilhão com uma oferta subsequente de ações primárias — o que viabilizou a compra da Supplier, meses depois.

Os recursos levantados com o follow on também foram usados para uma segunda aquisição em 2019: a Consico, uma provedora de sistemas de gestão, por R$ 197 milhões.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: O oráculo da noite

30 de novembro de 2022 - 20:50

Com juros referenciais de 13%, conservamos esperanças sobre algum tipo de horizonte possível. Já acima dos 15%, o ar fica extremamente rarefeito, comprometendo as condições básicas de sobrevivência.

DESINVESTIU

Petrobras (PETR4) conclui a venda da Reman, a Refinaria de Manaus, para a Atem — veja quanto entrou nos cofres da estatal

30 de novembro de 2022 - 20:30

Segundo a petroleira, o contrato ainda prevê um ajuste final do preço de aquisição, que será apurado nos próximos meses

CARTÃO VERMELHO!

CVM suspende oferta de investimentos em criptoativos da BlueBenx; entenda o motivo da decisão

30 de novembro de 2022 - 20:11

Em caso de descumprimento da determinação da autarquia, a multa diária para a empresa e os sócios é de R$ 100 mil

Balanço do mês

Ouro, pós-fixados, dólar e poupança foram os únicos investimentos positivos em novembro; veja o ranking completo

30 de novembro de 2022 - 19:40

PEC da Transição provocou maré vermelha entre os ativos brasileiros; bitcoin sofreu com a quebra da FTX

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Powell faz Nasdaq disparar, lei de criptomoedas é aprovada e Casino embolsa mais de R$ 2 bilhões; confira os destaques do dia

30 de novembro de 2022 - 19:33

Apesar do silêncio quase que total do presidente Jair Bolsonaro após a sua derrota nas urnas, o cenário político continuou exercendo pressão negativa na B3 ao longo de novembro.  Dessa vez, a origem dos ruídos deixou de ser o Palácio do Planalto para residir no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), também em Brasília, sede […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies