Menu
2020-03-29T19:54:09-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
efeito coronavírus

Com derretimento da bolsa, empresas correm para comprar as próprias ações

Desde quinta-feira, Banco Inter, Sinqia e Cyrela Commercial Properties anunciaram um programa de recompra; na prática, medida significa que companhias acreditam que os papéis estão muito baratos

13 de março de 2020
8:35 - atualizado às 19:54
Cartão do Banco Inter
Cartão do Banco Inter - Imagem: Julia Wiltgen/Seu Dinheiro

O derretimento da bolsa desde o início do ano, com queda de 37% do Ibovespa, tem feito as empresas optaram por recomprar as próprias ações em negociação na B3.

A prática é comum no mercado e acontece quando os membros do conselho das companhias acreditam que os papéis estão muito baratos. Mas o movimento se acentuou nesta semana.

Desde quinta-feira (12), Banco Inter, Sinqia e Cyrela Commercial Properties anunciaram programas de recompra de ações. Na terça-feira, a Renner também comunicou a medida.

Com desvalorização de 47% das units (BIDI11), o Banco Inter pode comprar até 13,3 milhões de papéis ordinários, e até 29 milhões de ações preferenciais — diretamente ou na forma de units. O número corresponde a 10% dos ativos em negociação.

A mesma proporção corresponde ao programa de recompra da provedora de tecnologia para o sistema financeiro Sinqia. O total de ações que podem ser compradas é de 5,8 milhões. Os papéis da companhia (SQIA3) têm desvalorização de 37% neste ano.

Com um recuo também de 37% na cotação dos papéis (CCPR3) desde o início de janeiro, a Cyrela Commercial Properties vai recomprar até 4,9 milhões — 6,89% dos papéis em negociação.

A proporção é menor no programa de recompra das Lojas Renner: apenas 1%. A varejista vai comprar até oito milhões das próprias ações ordinárias. A desvalorização dos papéis da empresa (LREN3) é da ordem de 23%.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Novidades na B3?

Multilaser e Invest Tech entram na fila de pedidos de IPO

As duas empresas engrossam a lista de ofertas em análises na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que já conta com 28 pedidos

Ainda falta chão...

Reforma administrativa dá mais um passo na Câmara dos Deputados

O relator leu hoje seu parecer pela constitucionalidade da proposta na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ); votação deve ocorrer a partir do dia 20

Novo momento

Fertilizantes Heringer registra prejuízo líquido de R$ 7,46 milhões no 1º tri

Empresa teve melhor Ebitda da história para um primeiro trimestre, mas resultado foi impactado por despesas financeiras

na b3

GetNinjas estreia em queda na bolsa, após IPO com ação abaixo do previsto

Empresa levantou R$ 550 milhões na oferta inicial de ações, com desconto de quase 20% do valor do papel em relação ao preço mínimo da faixa

Diversificando

BTG Pactual lança fundo de investimento 100% em bitcoin

O lançamento vem em linha com a diversificação de ativos oferecidos pelo banco

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies