Insights de investimento, análises de mercado e muito mais! Siga o Seu Dinheiro no Instagram

2020-05-11T17:59:27-03:00
Estadão Conteúdo

Socorro mitigará pressão fiscal em Estados e municípios, avalia Moody’s

A Moody’s espera contração de 5,2% da economia brasileira este ano, seguida por uma alta de 3,3% em 2021.

11 de maio de 2020
12:50 - atualizado às 17:59
Dinheiro; notas e moedas de real
Imagem: Shutterstock

As transferências federais e a renúncia às dívidas até o fim do ano, aprovadas no projeto de auxílio a Estados e municípios diante do impacto da crise desencadeada pelo coronavírus, mitigarão a pressão fiscal nesses entes federativos, afirma a Moody's, em relatório. A agência de classificação de risco destaca, contudo, que, com a redução na arrecadação, os balanços e a posição fiscal dos Estados e municípios devem ficar pressionados, adiando sua consolidação fiscal.

"As medidas devem aliviar Estados e municípios, cuja arrecadação de impostos provavelmente diminuirá nos próximos quatro meses, devido ao fechamento temporário de negócios relacionados ao coronavírus e ao distanciamento social", diz, acrescentando que a severidade das perdas vai depender do tempo que vai demorar para a economia voltar à "normalidade". A Moody's espera contração de 5,2% da economia brasileira este ano, seguida por uma alta de 3,3% em 2021.

O projeto aprovado no Congresso espera direcionar R$ 60 bilhões em quatro parcelas mensais, sendo R$ 10 bilhões exclusivamente para ações de saúde e assistência social (R$ 7 bilhões para os Estados e R$ 3 bilhões para os municípios) e R$ 50 bilhões para uso livre (R$ 30 bilhões para os Estados e R$ 20 bilhões para os municípios).

Pelas regras, a agência nota que Estados como São Paulo (Ba3 estável), que têm elevada receita própria, terão uma parcela relativamente menor de compensação por causa da queda da arrecadação tributária. "Por exemplo, para o Estado de São Paulo, é esperada a transferência de R$ 7,7 bilhões, o que cobriria 4,2% da redução no recolhimento de impostos, enquanto, para o Estado do Maranhão (Ba3 estável), o repasse deve cobrir 16%."

Quanto à renúncia à dívida com o Tesouro Nacional, a Moody's também avalia que fornece "alívio orçamentário" em meio a gastos crescentes com a pandemia e a diminuição de receitas, mas adverte que, a partir de 2022, quando os saldos não pagos serão incorporados ao saldo devedor, irá aumentar a carga de dívida já elevada de Estados. "Para os Estados com desequilíbrios fiscais materiais como Minas Gerais (B2 estável), que já não está pagando o serviço da dívida ao Tesouro Nacional, o adiamento do serviço da dívida não oferece alívio", alerta.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

ACENDEU A LUZ AMARELA

Vai faltar diesel? Baixo nível dos estoques coloca Petrobras (PETR4) em alerta

A estatal já avisou o Ministério de Minas e Energia sobre o risco de desabastecimento — um cenário que também preocupa importadores e caminhoneiros

VISÃO MACRO

Imposto regressivo e o limite no ICMS: o que muda na sua vida

O imposto sobre o consumo, conhecido como imposto regressivo, tem um maior peso no bolso do consumidor quanto menor a sua renda

Caixa de maldades

Interferência na Petrobras? Bolsonaro pode abrir a ‘caixa de maldades’ para evitar vitória de Lula no primeiro turno

Para Felipe Miranda, CEO e estrategista-chefe da Empiricus, vantagem de Lula contra Bolsonaro pode afetar a Petrobras.

INTER OU NÃO TER

De malas prontas pra Nasdaq: será que é hora de comprar Inter (BIDI11)? O Bank of America responde pra você

O BofA cortou o preço-alvo das units de R$ 36 para R$ 17 — o que representa um potencial de valorização de 29,5% com relação ao fechamento de quinta-feira (26)

EXILE ON WALL STREET

O quebra-cabeça dos investimentos em fundos: saiba como desenvolver as melhores estratégias

Tarefas complexas exigem níveis elevados de processo e estratégia, assim como a análise de fundos, uma vez que esse tipo de investimento é a metamorfose ambulante do mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies