Menu
2020-07-04T17:03:43-03:00
Flexibilização

Prefeitura de São Paulo assina protocolo para reabrir bares e salões de beleza

A cidade está na terceira etapa do plano de flexibilização da quarentena do governo estadual, chamada de fase amarela. Com os termos firmados, os estabelecimentos poderão voltar a funcionar na segunda-feira

4 de julho de 2020
17:03
Bruno Covas
Imagem: Governo do Estado de São Paulo

Foram assinados hoje (4) os protocolos para reabertura dos setores de bares, restaurantes, estética e beleza na cidade de São Paulo. As normas foram propostas pelos empresários e passaram por revisão e aprovação da prefeitura. A cidade está na terceira etapa do plano de flexibilização da quarentena do governo estadual, chamada de fase amarela. Com os termos firmados, os estabelecimentos poderão voltar a funcionar na segunda-feira (6).

Durante a cerimônia, transmitida virtualmente, o prefeito Bruno Covas disse que a capital paulista está em um momento de estabilização dos casos de coronavírus. “Nós já atingimos um platô aqui na cidade de São Paulo, portanto é o momento de começar a reabrir a atividade econômica”, enfatizou. Apesar de comemorar os bons resultados atingidos pelo isolamento social na cidade, Covas enfatizou que ainda é preciso ter atenção à doença. “Apesar dessa flexibilização, a pandemia não acabou”, acrescentou.

Regras

Os protocolos determinam os horários de funcionamento, regras de higiene e de distanciamento entre clientes. Assim, bares e restaurantes poderão funcionar por no máximo 6 horas diárias, usando apenas 40% da capacidade máxima enquanto a cidade estiver na classificação amarela do plano de reabertura. Quando houver evolução para a próxima etapa, a verde, será possível aproveitar 60% da capacidade dos estabelecimentos.

Há ainda a obrigação do fornecimento de álcool em gel e trocas de máscara para os funcionários. Não é permitido atender grupos de mais de 6 pessoas e deve haver um espaçamento de 2 metros entre as mesas.

Nos salões de beleza, deve haver distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas. Também será permitido o uso de apenas 40% da capacidade máxima durante a fase amarela e 60% na verde. Para o corte, o cabelo dos clientes deve ser lavado antes do serviço. Na depilação, deve ser usada máscara e escudo facial. Trabalhadores que precisem ter contato físico com os clientes devem usar luvas.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

balanços do setor

Via Varejo, B2W e Magazine Luiza põem à prova fôlego digital com balanços do 2º trimestre

Empresas do setor de varejo devem registrar prejuízo em meio à crise da covid-19, mas mercado estará de olho nos números das operações digitais

FII do mês

Os melhores fundos imobiliários para investir em agosto segundo 6 corretoras

FII mais indicado já é habitué do pódio, mas também tem novidade no top 3 das corretoras para agosto; os fundos mais diversificados e defensivos são os preferidos em tempos de crise

eleição em 3/11

Senadora Kamala Harris é escolhida vice de Biden nas eleições dos EUA

Biden anunciou o nome em sua conta no Twitter

seu dinheiro na sua noite

Ações da Amazon, Facebook e XP mais perto de você

Você sabe o que as gigantes de tecnologia como Amazon, Microsoft e Facebook, além de empresas brasileiras como XP Investimentos e PagSeguro, têm em comum? Todas elas possuem ações listadas em bolsas no exterior. Isso significa que você só consegue virar sócio de uma delas se remeter seus recursos e operar por uma corretora lá […]

privatizações frustradas

Secretário de Privatização e Desestatização, Salim Mattar deixa o governo

Informação foi confirmada pelo ministro Paulo Guedes; o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Uebel, também deixou o posto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements