Independência do Banco Central vai acabar? Entenda melhor aqui

Cotações por TradingView
2020-06-22T16:31:18-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
de volta ao mercado

Ex-Fazenda e BNDES, Joaquim Levy será diretor do Banco Safra

O economista Joaquim Levy será diretor de Estratégia Econômica e Relações com Mercados do Banco Safra

22 de junho de 2020
16:02 - atualizado às 16:31
C3BDFBD2-B170-44D5-9A68-7968AB888FDE
Brasília- DF- Brasil- 28/04/2015- O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, fala à imprensa no STF. Levy foi ao Supremo para reunião com o ministro Marco Aurélio Mello - Imagem: Valter Campanato/Agência Brasil

O economista Joaquim Levy será diretor de Estratégia Econômica e Relações com Mercados do Banco Safra, de acordo com nota distribuída à imprensa.

No cargo, Levy, doutor em Economia pela Universidade de Chicago, de 59 anos, será o responsável sobre a área de macroeconomia e também de relacionamento com o mercado.

Até 2019, Levy foi presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento, de onde foi demitido após uma nomeação de um petista para um cargo no órgão.

Até há pouco, ele estava na Universidade de Stanford, onde desenvolveu pesquisas sobre tecnologias sustentáveis e transição de economias para emissões líquidas zero de carbono.

Levy também foi diretor-geral e financeiro do Banco Mundial em 2016 e ministro da Fazenda do governo Dilma Rousseff em 2015.

O currículo do economista não acaba por aí: entre 2010 e 2014, ele ocupou o cargo de estrategista-chefe e diretor superintendente da Bradesco Asset Management.

Antes disso, teve outro cargo na gestão pública: entre 2003 e 2006, Levy foi secretário do Tesouro Nacional.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

DIA 39

Cabo de guerra: Lula ganha reforço nas críticas ao BC — e deixa Rui Costa e Haddad do outro lado da corda

8 de fevereiro de 2023 - 20:40

Insatisfeito com o Banco Central, que na semana passada manteve a Selic em 13,75%, Lula tem protagonizado uma ofensiva sobre o presidente da autoridade monetária, Roberto Campos Neto — também pelo fato de ver nele um bolsonarista no governo que não pode ser demitido

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Padilha afaga relação de Lula e RCN, Itaú (ITUB4) embolsa o mercado e a primeira semana do Tesouro Renda+; confira os destaques do dia

8 de fevereiro de 2023 - 19:35

Mudam-se os governos, mas o roteiro das gestões de crise segue o mesmo — depois de um incêndio, é quase certeza que um bombeiro será escolhido dentro do panteão de ministros do primeiro escalão para tentar aplacar os ânimos.  Depois de dias de críticas pesadas feitas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva à forma […]

ENTREVISTA COM CEO

Log (LOGG3) quebra recordes em 2022 e aposta na venda de galpões para seguir no ‘guinness book’ da logística neste ano

8 de fevereiro de 2023 - 19:24

Meta de entregas batidas, vendas recordes de ativos e o resultado financeiro em um patamar nunca antes registrado marcaram o ano da empresa de galpões logísticos

Petróleo à vontade

Petrobras (PETR4) bate recorde de produção em 2022 e cumpre as metas operacionais para o ano; veja os destaques

8 de fevereiro de 2023 - 19:06

A Petrobras (PETR4) atingiu um novo patamar de produção operada no ano; no refino e vendas, a gasolina e o querosene de aviação foram destaque

FICA TUDO COMO TAVA

Tarcísio barrou: redução de imposto sobre doações e heranças, o ITCMD, é vetado em SP

8 de fevereiro de 2023 - 18:00

Se o projeto de lei tivesse sido sancionado, a tributação cairia de 4% para 1% sobre heranças e para 0,5% nas doações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies