Menu
2020-02-29T14:08:02-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
sinal amarelo

Coronavírus é risco para PIB brasileiro, dia Rabobank

Instituição manteve projeção de crescimento de 2% neste ano, mas cortou estimativa para o próximo ano

29 de fevereiro de 2020
13:48 - atualizado às 14:08
Coronavírus
Imagem: Shutterstock

O surto de coronavírus é um risco negativo para o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, segundo o Rabobank, embora a instituição mantenha sua projeção para o crescimento da economia brasileira neste ano em 2%. No entanto, para 2021, o banco cortou sua previsão para a alta de PIB brasileiro de 3% para 2,5%.

O Rabobank afirma que "o componente atual dos dados de sentimento econômico e do mercado de trabalho" sustenta a expectativa de um avanço de 2% do PIB neste ano, mas que há riscos para essa previsão "quando analisamos o componente da confiança na economia".

"Especialmente no final do ano, isso poderia deixar uma base menor para o crescimento de 2021", acrescenta a instituição financeira.

Segundo o banco holandês, a velocidade com que o coronavírus está se espalhando "hipnotizou os mercados e desencadeou outra aversão a risco nesta semana".

Na visão do Rabobank, apesar da desvalorização do real, que fechou cotado a R$ 4,4785 ontem , em novo recorde nominal, o hiato do produto "permanece grande" e não deve haver uma pressão inflacionária no país.

A instituição ressalta que, na próxima semana, os mercados financeiros "ficarão de olho" no resultado do PIB do Brasil no quarto trimestre de 2019. O banco prevê um crescimento de 0,7% entre outubro e dezembro, na comparação trimestral, e uma alta de 1,2% do indicador em 2019, em relação ao ano anterior.

"Apesar do ganho marginal, o cenário subjacente ainda é de uma recuperação pós-recessão muito gradual, com obstáculos cíclicos e estruturais impactando a economia brasileira", analisa o Rabobank.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

FECHAMENTO

Bolsa, dólar e juros terminam o dia no vermelho com repercussão do Orçamento e novo plano Biden

Plano de Biden de aumentar impostos não agradou o mercado e a perspectiva de nova injeção de estímulos puxou para baixo o dólar. Já os juros futuros recuaram de olho na sanção do Orçamento

dança das cadeiras

Carrefour muda alto escalão, em processo de integração com Grupo BIG

Sébastien Durchon deixa o cargo de vice-presidente de finanças e de relações com investidores; executivo ficará à frente do processo de integração com a companhia adquirida

Concorrência pesa

Lucro líquido da Intel despenca 41% no 1º trimestre

Apesar do resultado negativo, a receita da companhia caiu apenas 1% na comparação com os primeiros três meses do ano passado

Milionários na mira

Biden quer dobrar impostos sobre ganhos de capital dos mais ricos para financiar educação infantil

O presidente dos EUA aposta no aumento das taxas para investidores que ganham acima de US$ 1 milhão para financiar sua nova proposta

Oferta de ações

Caixa Seguridade (CXSE3): reservas para o IPO terminam no dia 26; veja os detalhes e se vale a pena investir

Banco público pretende captar até R$ 6,5 bilhões com a venda de parte de suas ações na empresa que reúne suas participações em seguros

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies