O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2019-04-05T10:22:54-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Com R$ 11,8 bilhões bloqueados

Advogado diz que Vale “não vê responsabilidade” em tragédia de Brumadinho e pede desbloqueio de bens

Segundo advogado, mineradora não tem responsabilidade “nem por culpa, imperícia, imprudência ou negligência” e pede desbloqueio de R$ 11,8 bilhões em bens

28 de janeiro de 2019
13:59 - atualizado às 10:22
Tragédia em Brumadinha
Bombeiros fazem resgate em Brumadinho - Imagem: Cadu Rolim/Estadão Conteúdo

Após ter R$ 11,8 bilhões de seus bens bloqueados com a tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais, a Vale decidiu reagir.

A partir de seu advogado, a mineradora entrou na justiça pedindo a reconsideração do bloqueio e disse que "não vê responsabilidade" sobre o rompimento da barragem. O pedido ocorreu nesta segunda-feira, 28.

"A Vale não vê responsabilidade. Nem por dolo, que é infração intencional da lei, nem por culpa, que é infração da lei por imperícia, imprudência ou negligência. Ela atribuiu o acontecido a um caso fortuito que ela está apurando ainda", afirmou o advogado Sergio Bermudes ao "Broadcast", do Estadão.

Bermudes também fez críticas à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a qual afirmou que a Vale deveria ser responsabilizada "severamente" pelo caso.

"Parece não ter fundamento a declaração da procuradora-geral de que não há crime. A Vale tem todo o interesse em apurar a existência do crime, embora não haja nenhum elemento apontando nesse sentido", disse o advogado.

Mineradora rebate declaração

Após as declarações do advogado, a Vale afirmou, em comunicado, que o advogado não fale em seu nome.

"A Vale não reconhece as declarações feitas à mídia pelo advogado Sergio Bermudes e afirma que seu mandato não o autoriza a dar quaisquer declarações sobre a Vale, seja em nome da empresa, seja para expressar a sua opinião pessoal sobre o tema do rompimento da barragem em Brumadinho (MG). A Vale volta a ressaltar, de forma enfática, que permanecerá contribuindo com todas as investigações para a apuração dos fatos e que esse é o foco da sua diretoria, juntamente com o apoio incondicional às famílias atingidas. A Vale reitera o compromisso de reparação total dos impactos decorrentes do rompimento", disse a empresa

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

ESTRADA DO FUTURO

Cibersegurança, inteligência artificial e computação na nuvem: veja 3 ações de tecnologia para comprar agora

Depois de aprender onde não investir no setor de tecnologia, hoje é dia de conhecer os segmentos onde estão as melhores oportunidades

ELEIÇÕES 2022

A terceira via agora tem rosto: veja o que falta para Simone Tebet firmar-se como candidata alternativa a Lula e Bolsonaro

PSDB, MDB e Cidadania chegaram a um consenso, mas indicação de Simone Tebet ainda precisa ser aprovada pelas executivas dos partidos que formam a terceira via

NOITE CRIPTO

Não durou muito: bitcoin (BTC) opera em queda e volta a ficar abaixo do nível de US$ 30 mil; veja a performance das outras criptomoedas

O peso da perda de confiança do mercado é um dos pontos que mais afastam o investidor do mercado de criptomoedas atualmente

DISTRIBUINDO MAIS DO QUE COMBUSTÍVEIS

Dividendos e JPC: Vibra Energia (VBBR3) anuncia o pagamento de R$ 131 milhões em proventos; confira prazos

Ao todo, a distribuidora de combustíveis já pagou R$ 663 milhões em dividendos e juros sobre capital próprio no exercício de 2021

CSN (CSNA3) e CSN Mineração (CSNA3) vão recomprar até 164 milhões de ações; veja o que muda para os acionistas

As duas companhias aproveitam o momento descontado na B3 para encerrar os programas atuais e iniciar novas operações com duração de um ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies