Menu
2019-09-03T09:30:51-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
movimentando a bolsa

Conselho da Cyrela Commercial Properties aprova oferta pública de novas ações ordinárias

Segundo a companhia, a operação será realizada no Brasil – em mercado de balcão organizado -, com esforços de colocação de ações no exterior

3 de setembro de 2019
9:06 - atualizado às 9:30
Small caps
Small caps - Imagem: Shutterstock

A Cyrela Commercial Properties anunciou nesta segunda-feira, 2, que seu conselho aprovou uma oferta pública de distribuição primária de novas ações ordinárias. O pedido da oferta se encontra sob análise da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Segundo a companhia, a operação será realizada no Brasil - em mercado de balcão organizado -, com esforços de colocação de ações no exterior. A empresa ainda acrescenta que a operação poderá contar com lote adicional e suplementar.

A Cyrela Commercial Properties diz que a o preço por ação será fixado após a conclusão do procedimento de coleta de intenções de investimento junto a investidores institucionais e terá como parâmetro as indicações de interesse em função da qualidade e quantidade de demanda (por volume e preço) coletada junto a investidores institucionais durante o procedimento de bookbuilding.

A empresa também afirma que, devido à baixa liquidez das ações ordinárias, tanto no critério de quantidade de negociações por pregão, quanto no critério de volume financeiro negociado por pregão, entende-se que a apresentação da cotação mais recente dos papéis não seria a melhor indicação do preço esperado para as ações.

Ontem, os papéis da empresa (CCPR3) fecharam o dia cotados a R$ 16,78. No ano a alta é de 92%. Veja como foi o dia dos mercados.

Em fato relevante, a Cyrela Commercial Properties informa ainda que a operação terá, no Brasil, a coordenação do Banco Bradesco BBI (Coordenador Líder), do Banco BTG Pactual, do Banco Itaú BBA, do Morgan Stanley, do Banco J. Safra e da XP Investimentos.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

novos rumos

Com Biden, meio ambiente entra no foco de comércio entre Brasil e Estados Unidos

Exportadores brasileiros passam a ter outro motivo de apreensão a partir de hoje, com a chegada de Joe Biden à Casa Branca

simplificação

Governo federal lança sistema para simplificar a abertura de empresas

Segundo o Ministério da Economia, empreendedores podem abrir empresas em apenas um dia e sem necessidade de percorrer vários órgãos públicos

fim da barreira

China autoriza retomada da exportação de carne de duas unidades da JBS

Com isso, todas as restrições impostas à exportação da JBS para a China ao longo de 2020 foram levantadas e a companhia volta a ter 25 unidades aptas a exportar para o país asiático

DESTAQUES DA BOLSA

Ações ligadas ao e-commerce sobem com “efeito Netflix” e entusiasmo por Biden

Desempenho positivo da Netflix puxa Nasdaq e reflete nas empresas da “nova economia” listadas na bolsa brasileira

entrevista

Fusão entre Fiat e Peugeot tem objetivo de evitar o fechamento de fábricas, diz presidente da Stellantis

Operação reuniu 14 marcas sob uma única organização, com vendas de cerca de 8 milhões de unidades e faturamento (antes de sinergias) de € 167 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies