2019-10-14T14:30:59-03:00
Estadão Conteúdo
Balanço das montadoras

Nos EUA, GM vende mais veículos no 3º trimestre, Fiat tem estabilidade e Ford, queda

Montadoras estrangeiras reportaram na terça-feira vendas piores do que o esperado para setembro

2 de outubro de 2019
20:01 - atualizado às 14:30
Logo da Fiat em automóvel
Imagem: Shutterstock

A General Motors registrou crescimento em suas vendas de veículos no terceiro trimestre, mas a Fiat Chrysler mostrou estabilidade e a Ford Motor, uma queda na comparação anual.

De qualquer modo, as ações do setor hoje tiveram em geral quedas superiores ao mercado em geral nas bolsas de Nova York, em meio a temores de uma desaceleração econômica e consequente queda na demanda global por carros.

A General Motors registrou avanço de 6,3% em suas vendas de carros no terceiro trimestre, na comparação com igual período do ano passado.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

A Fiat mostrou estabilidade na mesma base de comparação, enquanto a Ford registrou recuo de 5,1%. As ações da GM caíram 4%, as da Ford tiveram baixa de 3,3% e as da Fiat, de 1,9%.

No caso da GM, uma greve que está em sua terceira semana levou suas mais de 30 fábricas nos EUA a uma paralisação, o que prejudicou os lucros do terceiro trimestre e limitou a oferta. Nos primeiros nove meses do ano, as vendas da GM nos EUA recuaram menos de 1%, na comparação anual, enquanto a Ford teve baixa de 3,8% e a Fiat Chrysler, de 1%.

Montadoras estrangeiras reportaram na terça-feira vendas piores do que o esperado para setembro, com muitas das fabricantes japonesas mostrando declínios de mais de 10%. A Toyota Motor reportou queda de 2,5% nas vendas nos três primeiros trimestres do ano, na comparação com igual intervalo de 2018, enquanto a Honda Motor teve baixa de menos de 1% e a Nissan Motor, de 7,1%.

Analistas preveem que o setor automotivo dos EUA recue um pouco neste ano, com as vendas podendo ficar abaixo de 17 milhões pela primeira vez em cinco anos.

O avanço nos preços dos veículos, que ajudou os lucros das montadoras e concessionárias em anos recentes, continua a prejudicar a demanda por novos veículos, já que os compradores com mais frequência privilegiam modelos usados.

*Com Dow Jones Newswires.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

O MELHOR DA SEMANA

Ronaldo Fenômeno ficou maluco? Saiba como funciona a SAF, que permitiu ao craque pagar R$ 400 milhões pelo Cruzeiro

Conheça também os principais candidatos a Sociedade Anônima de Futebol e para que tipo de clube ela pode ser mais interessante

Dê o play!

Com a Selic acima de 10%, quais os próximos passos do BC? O podcast Touros e Ursos debate o futuro da taxa de juros

No podcast Touros e Ursos desta semana, a equipe do SD discutiu o cenário para a Selic e o BC em 2022. Até onde o Copom vai subir os juros?

Sinal amarelo

Marfrig (MRFG3) confirma participação em oferta da BRF (BRFS3), mas não poderá assumir o controle da empresa; entenda

Segundo um comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários hoje, as compras da Marfrig estarão limitadas a sua participação acionária atual

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa no azul apesar da volatilidade, bitcoin no vermelho e imbróglios com FII e Oi: o que marcou o mercado nesta sexta

Numa semana marcada pela escalada das tensões entre Rússia e Ucrânia, decisão de juros nos Estados Unidos e um discurso mais hawkish (duro contra a inflação) por parte do presidente do banco central americano, Jerome Powell, o Ibovespa conseguiu, mais uma vez, acumular alta. E as bolsas americanas – pasme – também. A sexta-feira (28) […]

DESINVESTIMENTOS

Em negócio bilionário, Petrobras (PETR4) vende ativos na Bacia Potiguar para subsidiária da 3R Petroleum (RRRP3); saiba quanto entrou nos cofres da estatal

A bola da vez é um conjunto de 22 concessões de campos de produção terrestre e de águas rasas, juntamente à sua infraestrutura de processamento, refino, logística, armazenamento, transporte e escoamento