🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
2019-04-20T14:12:23-03:00
BOMBOU NA SEMANA

MAIS LIDAS: do país das maravilhas à dura realidade

 A segunda-feira começou com o Ibovespa aos 100 mil pontos, um marco histórico na bolsa de valores brasileira. O clima azedou e o índice fechou na sexta abaixo de 94 mil

23 de março de 2019
8:10 - atualizado às 14:12
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Caro leitor,

O Brasil foi de 8 a 80 em uma semana. Ou melhor de 100 mil a 93,7 mil.

A segunda-feira começou com o Ibovespa aos 100 mil pontos, um marco histórico na bolsa de valores brasileira. Lá nos EUA, Donald Trump e Jair Bolsonaro trocavam elogios.

O clima foi mudando quando uma pesquisa mostrou uma brusca queda na popularidade de Jair Bolsonaro. Má notícia para um presidente que precisa emplacar uma reforma da Previdência...

Mas ainda assim a dúvida estava no ar. Apesar de estar menos "pop", o governo conseguiu vitória na Câmara para aprovar a liberação de 100% de capital estrangeiro para as companhias aéreas. Um pauta liberal que passou com um placar que seria suficiente para aprovar a reforma da Previdência.

Ao longo da semana o cenário foi piorando. O ex-presidente Michel Temer foi preso e o clima esquentou ainda mais.

A situação degringolou de vez quando Rodrigo Maia tornou pública sua irritação com o novo governo. Ele chegou a ameaçar abandonar a articulação política da reforma da Previdência. Desespero total.

Essa mudança de humores da política pesou no seu bolso: o dólar bateu em R$ 3,90 e a bolsa perdeu 5,45% na semana. Saímos do país das Maravilhas e voltamos à dura realidade.

Veja as 5 notícias mais lidas da semana:

  1. Bolsonaro volta à realidade e decide sobre Previdência de militares
  2. Diretamente dos EUA, Bolsonaro afirma que Brasil quebrará se não aprovar uma reforma robusta
  3. Bolsonaro se reúne com a CIA, em encontro fora da agenda
  4. Bolsonaro está menos popular, mas com 329 votos na Câmara?
  5. Com Ibovespa a 100 mil pontos, ainda vale a pena entrar na bolsa?
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de lucro de mais de 4% em swing trade com a Marfrig (MRFG3); confira a recomendação

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – venda dos papéis da Marfrig (MRFG3). Veja os detalhes

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ibovespa futuro começa o dia volátil, à espera do PMI dos EUA e do Brasil; dólar avança para R$ 5,28

RESUMO DO DIA: Após dados indicarem que a economia dos Estados Unidos já está apresentando sinais de fraqueza, bolsas internacionais aguardam divulgação de indicadores como inflação da zona do euro e PMI dos EUA; Ibovespa repercute aprovação da PEC dos Auxílios pelo Senado e PMI industrial Acompanhe por aqui o que mexe com a bolsa, o […]

O melhor do Seu Dinheiro

Um abraço de urso: o de pelúcia é bem melhor que o ‘bear market’ em que estamos; os investimentos derreteram no primeiro semestre de 2022

Contira o desempenho dos investimentos com o melhor e o pior desempenho no bear market — e uma linda história de urso

DE OLHO NA BOLSA

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais aguardam inflação da zona do euro e PMI dos EUA; Ibovespa repercute aprovação da PEC dos Auxílios pelo Senado

Investidores ainda acompanham a divulgação da balança comercial de junho e do índice gerente de compras no Brasil

ELEIÇÕES 2022

Hegemonia em risco? Datafolha mostra Haddad bem à frente de concorrentes e risco de PSDB não ir nem ao segundo turno em São Paulo

A poucas semanas da definição das alianças, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) parece ter presença assegurada no segundo turno. A dúvida está em relação a quem o enfrentará na disputa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies