2019-03-23T14:18:33-03:00
Um toma lá da cá

Em discurso, Bolsonaro diz que responsabilidade sobre a previdência está com o Parlamento

“Não é uma questão de governo, e sim de estado, para que nós do Brasil não experimentemos situações que outros países enfrentaram, como na Europa”, disse o presidente

23 de março de 2019
14:18
Jair Bolsonaro - Imagem: Shutterstock

É um verdadeiro toma lá da cá. Em discurso feito hoje (23) ao lado do presidente do Chile, Sebastián Piñera, Jair Bolsonaro destacou que a reforma da Previdência é o único caminho para alavancar o Brasil e outros países da América Latina, e que a responsabilidade está com o Parlamento, mas que confia na maioria dos parlamentares.

"Não é uma questão de governo, e sim de estado, para que nós do Brasil não experimentemos situações que outros países enfrentaram, como na Europa", disse o presidente.

A questão levantada pelo presidente vem em decorrência de um clima de tensão que se instaurou no governo. Tudo isso começou com declarações feitas pelo filho de Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro, sobre o presidente da Câmara e um dos principais articuladores da Previdência.

Na última quinta-feira (21), Carlos publicou em sua conta no Instagram que Rodrigo Maia andava "nervoso", em virtude da declaração de Maia de que o ministro da Justiça, Sergio Moro, "conhece pouco de política" e que não é mais que um "funcionário do presidente Bolsonaro". Nesta sexta, Maia disse ao site BR18 que cabe ao governo conseguir os votos necessários para a aprovação da reforma da Previdência e que ele possui um papel "institucional".

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

NOVOS NEGÓCIOS

Google está de olho nas criptomoedas e vai criar unidade de negócio dedicada ao blockchain; entenda o que está por trás da decisão

Antes de se aventurar, gigante de tecnologia assistiu com cautela as movimentações das concorrentes para entrar no mercado de criptomoedas

MELHORA ARTIFICIAL

Pedidos de recuperação judicial caem em 2021 ao menor nível desde 2014

Para os especialistas os números do ano passado não representam uma recuperação econômica, mas uma melhora artificial no ambiente de negócios promovida por políticas públicas pontuais

APOSTA NA SIDERURGIA

A vez da Usiminas: BTG estima alta de mais de 55% para USIM5 nos próximos meses; saiba o que pode impulsionar as ações

Segundo os analistas, a empresa negocia nos múltiplos mais baixos da década e deve surfar na recuperação dos preços do aço

pessimismo nos mercados

Por que a ameaça de conflito entre Rússia e Ucrânia derruba as bolsas mundo afora?

Escalada de tensões entre os dois países levou EUA e Reino Unido a retirarem funcionários de embaixadas na Ucrânia; veja como uma eventual invasão russa ao país pode afetar os mercados