A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

Angela Bittencourt
Blog da Angela
Angela Bittencourt
é jornalista e editora da Empiricus
2019-05-13T11:17:56-03:00
Blog da Angela

Bolsonaro deixa Moro e Guedes em ‘saia justa’

Moro inicia a semana sob inesperada pressão que pode comprometer seriamente sua imagem. O presidente, com sua declaração, sugere que Moro firmou com ele um acordo quando ainda era a figura central da Operação Lava Jato

13 de maio de 2019
10:01 - atualizado às 11:17
O presidente Jair Bolsonaro ao lado do ministro da Justiça Sergio Moro
O presidente Jair Bolsonaro ao lado do ministro da Justiça Sergio Moro - Imagem: Alan Santos/PR/Fotos Públicas

O presidente Jair Bolsonaro fez duas declarações impactantes no domingo, em entrevista à Rádio Bandeirantes, e, deliberadamente ou não, botou os dois ministros mais destacados do seu governo - Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) e Paulo Guedes (Economia) - numa saia justa.

Sobre Sérgio Moro, o presidente declarou, pela primeira vez, que assumiu com o ministro da Justiça o compromisso de indicá-lo para a próxima vaga disponível no Supremo Tribunal Federal (STF). A próxima vaga, pela ordem natural de substituições, será a do ministro Celso de Mello que se aposenta em novembro de 2020.

Sobre Paulo Guedes, Bolsonaro afirmou que já orientou o ministro a corrigir pela inflação a tabela do Imposto de Renda, pelo menos a de 2020, conforme noticiado no fim de semana.

Moro inicia a semana sob inesperada pressão que pode comprometer seriamente sua imagem. O presidente, com sua declaração, sugere que Moro firmou com ele um acordo quando ainda era a figura central da Operação Lava Jato.

Essa condição pode enfraquecer o ministro em negociações com o Congresso sobre o pacote de medidas anticrime. Afinal, o presidente da República praticamente deu um “dead line” para o seu papel de titular da Justiça ao afirmar que será indicado para a vaga do STF que será aberta em um ano e meio.

Quanto ao ministro da Economia, o presidente parece ter antecipado uma decisão que será vista como populista ou imprevidente por parlamentares por estar sinalizando uma redução de receita futura.

As declarações de Bolsonaro podem até não ter maiores consequências, mas não são indolores aos dois principais ministros do seu governo e coincidiram com uma piora global dos mercados em função de novas provocações de Donald Trump contra a China.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) sente pressão do Fed e recua na semana, enquanto ethereum (ETH) sustenta alta impulsionada pela “The Merge”; entenda

18 de agosto de 2022 - 20:25

O ethereum (ETH) vence a letargia do mercado hoje ainda impulsionado pela The Merge, atualização que, segundo analista, foi enfim “descoberta” pelo mercado

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro aparece no retrovisor de Lula, mas petista ainda pode levar no primeiro turno, segundo Datafolha

18 de agosto de 2022 - 20:00

Essa é a primeira pesquisa de intenção de voto divulgada após o início oficial da campanha presidencial, que começou há dois dias

REBATEU FAKE NEWS

“Estou meio acostumada a tomar paulada”: Luiza Trajano fala sobre política, empreendedorismo e os desafios do Magalu (MGLU3)

18 de agosto de 2022 - 19:13

A empresária rebateu alguns dos principais boatos que envolvem o seu nome e comentou as perspectivas do varejo no TAG Summit 2022

MAIS UM PASSO

Unindo os jalecos: acionistas do Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) aprovam a fusão entre as companhias

18 de agosto de 2022 - 19:12

Os acionistas de Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) deram aval para a junção dos negócios das companhias; veja os detalhes

o melhor do seu dinheiro

Ibovespa faz o dever de casa, o futuro das petroleiras e quem vai ficar com Congonhas; confira os destaques do dia

18 de agosto de 2022 - 18:40

Passado o grande evento da semana — a divulgação de ontem (17) da ata da última reunião do Federal Reserve — os investidores tiveram pouco com o que trabalhar nesta quinta-feira (18), levando as bolsas globais a mais um dia de muita volatilidade.  A cautela inicial em Nova York e a subida dos juros futuros […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies