2019-03-13T11:50:30-03:00
Estadão Conteúdo
Cautela nas compras

Índice de inadimplência do consumidor cai 3% em fevereiro, diz Boa Vista

Segundo a companhia, as adversidades ocorridas na economia ao longo dos últimos anos geraram grande cautela nas famílias, contribuindo para a queda da inadimplência

13 de março de 2019
11:50
Dívida
Homem endividado - Imagem: Shutterstock

O índice de inadimplência do consumidor no País caiu 3,0% em fevereiro em relação a janeiro, de acordo com a Boa Vista. Na comparação com fevereiro de 2018, houve declínio de 6,1%, enquanto no acumulado em 12 meses teve queda de 1,4%.

Por região, em 12 meses, houve recuo em todos os locais: Centro-Oeste (-3,9%), Norte (-3,5%), Nordeste (-1,5%), Sudeste (-0,7%) e Sul (-1,5%).

Conforme a Boa Vista, as adversidades ocorridas na economia ao longo dos últimos anos geraram grande cautela nas famílias, inibindo o consumo e a tomada de crédito, contribuindo para a queda do fluxo de inadimplência.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O Ibovespa na contramão do mundo, o impulso das commodities, a pressão dos servidores públicos e tudo o que agitou os mercados nesta terça

Nada como uma perspectiva de aperto monetário para segurar o desempenho dos ativos de risco. E nesta terça-feira (18), os mercados financeiros americanos voltaram do feriado colocando nos preços a expectativa dos investidores com a alta dos juros e a redução dos estímulos monetários nos Estados Unidos. O resultado foi uma disparada nos juros futuros, […]

Fechamento Hoje

Ibovespa sobrevive a mar vermelho no exterior e consegue fechar em alta; avanço nos retornos dos Treasuries pesa nos juros e no câmbio

Principal índice da B3 lutou para se manter no lado positivo ao longo de todo o pregão, com ajuda das commodities; dólar, porém, também fechou em alta