Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-12-02T15:27:36-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Mercados

Bank of America estima Ibovespa a 130 mil pontos em 2020

Brasil é única recomendação “acima da média” do BofA na América Latina em função de mudanças estruturais

2 de dezembro de 2019
15:27
Bull-Bovespa touro
Imagem: Andrei Morais / Montagem/Shutterstock

O Bank of America trabalha com Ibovespa na linha dos 130 mil pontos no fim de 2020. Para o banco, o mercado de ações deve se beneficiar de maiores lucros, juros baixos e da rotação de ativos da renda fixa.

O banco é o último a engrossar a fila de instituições financeiras estrangeiras que fazem previsões positivas para o mercado brasileiro em 2020, como o JP Morgan, Credit Suisse e BTG Pactual (veja baixo).

Em relatório publicado, hoje, o BofA afirma que o Brasil é único país do portfólio de América Latina com recomendação “acima da média” (overweight – OW). Para o banco, o país deve se beneficiar das mudanças estruturais que estão em marcha.

Três temas

De acordo com o banco, três vetores ou temas devem guiar o mercado de 2020 na América Latina. A atual rotação de ativos para o mercado de ações no Brasil. Menor custo de capital no Brasil e maior no México e preços (valuations) tentadores em alguns países depois de acentuadas correções relacionadas ao aumento da incerteza política.

O banco trabalha com Selic terminando 2019 em 4,5% e recuando a 4% em 2020. Essa queda do juro está causando uma mudança estrutural na indústria de investimentos. O banco lembra que mais de R$ 80 bilhões foram destinados ao mercado de ações desde as eleições de 2018, e que há mais espaço para novos aportes tendo em vista que o setor de fundos tem cerca de R$ 5 trilhões e está com baixa exposição ao mercado acionário, com alocação de 12% em outubro de 2019, contra uma média histórica superior a 20%.

Para o banco, ofertas de ações (IPOs) e a venda de ativos pelo braço de participações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o BNDESPar podem ser uma fonte de ativos para o mercado.

Custo de capital – Para o banco, as reformas estruturais e as chances de retomada do grau de investimento alimentam as perspectivas de que o custo de capital no país seguirá recuando. Pelas estimativas do banco, para uma queda de 100 pontos-base no custo de capital, o Ibovespa amplia seu potencial de alta em 27%.

Portfólio

No relatório, o BofA também apresenta as suas ações preferidas no país. Setores de consumo e construção devem se beneficiar da retomada do crescimento e também há avaliação positiva para Petrobras e Vale (veja abaixo).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

NOVATA NA FINAL

Não estranhe: patrocinadora da final entre Palmeiras e Flamengo é a nova corretora de criptomoedas do Brasil; conheça Crypto.bom

A exchange resolveu investir no segmento de esportes e patrocina Fórmula 1, NBA e até o campeonato europeu

Raio-X

Análise: Por que a alta da inflação pode ameaçar o pacote de infraestrutura de Joe Biden?

O presidente americano tem ambiciosos planos pela frente, mas a alta da inflação e gargalos estruturais da economia podem alterar o rumo

A SEMANA EM GRÁFICOS

Covid-19 pressiona aéreas, turismo, Ibovespa e bitcoin, mas inflação avança no mundo: entenda a última semana com estes gráficos

As companhias aéreas sofreram perdas significativas na bolsa esta semana e nem o bitcoin (BTC) conseguiu se salvar

O MELHOR DA SEMANA

Piora da covid no mundo e criptomoedas além do bitcoin (BTC): 5 assuntos mais lidos no Seu Dinheiro esta semana

O mercado já trabalhava amplamente com a visão do verdadeiro normal. Mas os mercados globais voltaram a entrar em pânico com a covid-19

PAPO CRIPTO #007

Tecnologia que criou o bitcoin (BTC) pode reduzir custo de captação de recursos em quase 70%, diz chefe de ativos digitais do BTG

“Empresas pequenas e médias têm menor possibilidade de acesso ao mercado de capitais, muito por causa dos custos envolvidos”, comenta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies