2019-12-15T22:48:05-03:00
GREVE DOS CAMINHONEIROS

Segunda terá início com ameaça de paralisação de caminhoneiros

Mas o movimento está dividido em relação a uma nova greve

15 de dezembro de 2019
22:47 - atualizado às 22:48
Imagem: Douglas Magno/Estadão Conteúdo

A segunda-feira (16) começa com uma nova ameaça de paralisação de caminhoneiros em várias regiões do País. A mobilização, que começou a circular em grupos de WhatsApp nas últimas semanas, é apoiada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logísticas (CNTTL), instituição ligada à Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Mas o movimento está dividido em relação a uma nova greve. Ao conversar com o jornal O Estado de S.Paulo, o caminhoneiro Wallace Landim, o “Chorão”, que tem representado os pleitos dos caminhoneiros na interlocução com o governo, falou que a classe está sendo alvo de interesses políticos e que os principais pedidos dos trabalhadores já tem data para ser atendidos.

“Temos uma pauta importante, que já está na mesa e que tem data para ser atendida. Temos de ter muita seriedade em relação ao que está sendo feito. O que estão querendo é usar o transportador como massa de manobra para um movimento político”, falou ao jornal.

De acordo com Chorão, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) se comprometeu a publicar o novo Código Identificador da Operação de Transportes (Ciot), ferramenta que vai ajudar a fiscalizar a punir empresas que tem contratado caminhoneiros com preços abaixo do mínimo estabelecido na tabela do frete na próxima terça-feira (17).

Entre as reivindicações dos caminhoneiros está o reajuste do piso mínimo do frete. Mas, segundo Chorão, o governo se comprometeu a fazer isso em 20 de janeiro do ano que vem. Para ele, a expectativa da classe é que esse aumento fique entre 14% e 18%. Outras negociações estão em andamento ainda para tratar do preço do diesel.

Nas redes sociais, representantes da CUT também têm divulgado vídeos em que negam motivações políticas. “Estão tentando desvirtuar o movimento dos caminhoneiros, com essa história de que se trata de um movimento político. Quem faz isso tenta desmobilizar a classe, é covarde”, afirmou Sandro Cesar, presidente da CUT no Rio de Janeiro, em vídeo distribuído entre os trabalhadores.

“Quero saber se tem alguém, em algum lugar desse Brasil, que está feliz com o preço da gasolina, do gás, do óleo diesel. Se tem alguém feliz com isso, deve ter outros interesses.” 

*Com Estadão Conteúdo

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

FIM DA SUSPENSÃO

Volta do sistema do Banco Central para consulta de dinheiro ‘esquecido’ em bancos já tem data marcada; veja quando o SVR estará novamente no ar

Quem tiver valores a receber também será informado sobre a data em que poderá solicitar a transferência dos recursos para sua conta

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa resiste em alta, as ofertas de ações da Arezzo e da Equatorial e uma pedra no sapato dos FIIs: veja as principais notícias desta quinta

Após o discurso duro do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, na tarde de ontem, o que desencadeou uma forte queda nas bolsas americanas, hoje foi dia de ajuste nas bolsas globais. O Ibovespa começou o dia novamente com uma alta substancial, ainda movido pela entrada de recursos estrangeiros na bolsa brasileira, aproveitando-se dos descontos […]

OLÉ!

Apple dribla crise de chips e justifica protagonismo entre big techs com trimestre histórico; confira desempenho da maçã e a reação do mercado

Os últimos três meses do ano são de extrema importância para a empresa, pois fornece a Wall Street uma visão de como seus produtos podem se comportar no ano seguinte

Fechamento Hoje

Em dia de ajuste pós-Fed, Ibovespa fecha em alta de mais de 1% e testa os 113 mil pontos; dólar cai

Piora em NY chegou a desacelerar as altas na bolsa brasileira, que conseguiu se recuperar na reta final do pregão

QUE GOLAÇO!

Token do Santos será o primeiro a pagar “dividendos” a investidor após negociação do atacante Yuri Alberto; entenda e saiba como receber

Revelado pelo Santos e destaque no Internacional, Yuri Alberto faz parte de uma cesta de atletas que podem gerar algum lucro para quem tiver os Tokens da Vila