Menu
2019-04-04T14:51:36-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Boletim Focus

Mercado prevê inflação abaixo dos 4% e Selic em 6,50% para 2019

Analistas do mercado financeiro preveem recuo no câmbio, de R$ 3,75 a R$ 3,70 em 2019; PIB permaneceu inalterada em 2,50% até 2022

4 de fevereiro de 2019
8:46 - atualizado às 14:51

Os economistas do mercado financeiro voltaram a reduzir a expectativa de inflação de 4% para 3,94% no final de 2019. Para 2020, a taxa continuou em 4%.

Os dados são do Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira, 4.

Já a expectativa para a Selic caiu de 7% para 6,50% no ano, ainda segundo o relatório.

Veja as outras previsões do Boletim Focus:

  • PIB: permaneceu inalterada em 2,50% ao ano até 2022.
  • Taxa de câmbio: caiu de R$ 3,75 para R$ 3,70 em 2019. Para 2020, também caiu de R$ 3,78 para R$ 3,75.
  • IGP-M: recuou de 4,18% para 3,92%.
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Seu Dinheiro na sua noite

O grande respiro do câmbio e mais…

“Ih, vai ser uma semana daquelas”, pensei eu na segunda-feira, ao olhar a agenda de eventos previstos para os dias seguintes. Teríamos decisão do Copom e relatório de empregos nos EUA — e isso sem contar os inúmeros balanços corporativos. Em semanas assim, eu gosto de traçar alguns cenários na minha cabeça: se o BC […]

Fechamento da semana

Real ganha do dólar na semana e bolsa sobe mais de 2% com economia americana nem tão aquecida e Copom incisivo

Os problemas domésticos foram para baixo do tapete e os fatores externos ajudaram o Real a se valorizar e a bolsa a romper resistências importantes. Confira um resumo da semana.

Mudou de ideia?

Elon Musk passa a recomendar cautela com o dogecoin às vésperas de sua participação no SNL

O bilionário, que já fez a moeda-meme disparar 60% com apenas um tweet, exibiu um alerta para as limitações do mercado de criptoativos

pandemia

Estudo aponta relação entre negacionismo de Bolsonaro e evolução da pandemia no Brasil

Segundo o levantamento, em cidades onde o presidente obteve mais de 50% dos votos no segundo turno das eleições de 2018, número de mortes foi 415% maior do que nos municípios onde ele perdeu o pleito

Insistência incomoda

Ex-presidente do BC Affonso Pastore acredita que ajuste parcial da Selic é insustentável

O economista defende o reconhecimento explícito de que a instituição perseguirá o ajuste integral da taxa básica de juros

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies