Menu
2019-09-07T11:22:12-03:00
Estadão Conteúdo
Guerra comercial

Trump volta a atacar Fed e cita corte do compulsório bancário na China

Presidente dos EUA escreveu no Twitter que as tarifas impostas sobre a China têm funcionado e feito com que o gigante asiático precise de programas de estímulo para a economia

7 de setembro de 2019
11:22
Donald Trump
Imagem: Shutterstock

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a criticar o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) pelo Twitter na madrugada deste sábado. Em seu perfil na rede social, ele também afirmou que as tarifas impostas sobre a China têm funcionado e feito com que o gigante asiático precise de programas de estímulo para a economia.

"A China acaba de implantar um grande programa de estímulo. Com todas as tarifas que ELES estão pagando aos EUA, bilhões e bilhões de dólares, eles precisam!", escreveu Trump. "Enquanto isso, nosso Federal Reserve (Fed, o banco central americano) se senta e não faz NADA!", completou.

Trump se referiu ao anúncio do Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês), que informou na sexta-feira que reduzirá os compulsórios bancários em 0,50 ponto porcentual. Para bancos menores, o PBoC cortará o compulsório em 1 ponto porcentual, com o objetivo de impulsionar empréstimos para empresas pequenas e do setor privado.

O presidente norte-americano vem tentando pressionar o Fed a cortar juros mais agressivamente.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

novos rumos

Com Biden, meio ambiente entra no foco de comércio entre Brasil e Estados Unidos

Exportadores brasileiros passam a ter outro motivo de apreensão a partir de hoje, com a chegada de Joe Biden à Casa Branca

simplificação

Governo federal lança sistema para simplificar a abertura de empresas

Segundo o Ministério da Economia, empreendedores podem abrir empresas em apenas um dia e sem necessidade de percorrer vários órgãos públicos

fim da barreira

China autoriza retomada da exportação de carne de duas unidades da JBS

Com isso, todas as restrições impostas à exportação da JBS para a China ao longo de 2020 foram levantadas e a companhia volta a ter 25 unidades aptas a exportar para o país asiático

DESTAQUES DA BOLSA

Ações ligadas ao e-commerce sobem com “efeito Netflix” e entusiasmo por Biden

Desempenho positivo da Netflix puxa Nasdaq e reflete nas empresas da “nova economia” listadas na bolsa brasileira

entrevista

Fusão entre Fiat e Peugeot tem objetivo de evitar o fechamento de fábricas, diz presidente da Stellantis

Operação reuniu 14 marcas sob uma única organização, com vendas de cerca de 8 milhões de unidades e faturamento (antes de sinergias) de € 167 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies