Menu
2019-11-09T11:17:42-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Desempenho de fazer inveja

Procurando qual a melhor empresa para investir na bolsa? Então preste atenção nos bilionários

Estudo divulgado pelo Banco UBS mostra que o desempenho das companhias lideradas por magnatas foi superior à média de mercado

9 de novembro de 2019
10:34 - atualizado às 11:17
bolsa ações bilionários
Imagem: Shutterstock

Investir em bolsa de valores pode ser um verdadeiro jogo de risco, principalmente se você não escolher as empresas certas para ser sócio. Nessa tacada, buscar indicações sobre as melhores alternativas de investimentos faz toda a diferença.

Pensando nisso, um estudo divulgado pelo Banco UBS nesta semana trouxe uma dica interessante para quem quer investir em empresas da bolsa mas não sabe muito bem qual delas escolher.

A dica é muito simples: na dúvida, dê atenção especial aos bilionários. O estudo aponta que nos últimos 15 anos as empresas controladas por bilionários tiveram um desempenho superior às demais empresas listadas no mercado de ações. Segundo o levantamento, essas companhias apresentaram um retorno médio de 17,8% no período, enquanto que a média do mercado girou em torno dos 9,1%.

Quer rentabilidade? Então toma!

Outro fator de grande importância para os investidores, a rentabilidade média das empresas controladas por bilionários também não fez feio.

O retorno médio sobre o patrimônio líquido (ROE) nos últimos 10 anos girou em torno de 16,6%, porcentagem bastante significativa se compararmos com os 11,3% entregues pelas demais empresas.

Além disso, as empresas lideradas pelos ultrarricos também conseguiram um forte desempenho após sua abertura de capital. O UBS fez uma análise como 102 empresas controladas por bilionários listadas publicamente e nela constataram que, nos três anos anteriores ao IPO (oferta inicial de ações, na sigla em inglês), essas companhias tiveram um ROE médio de 35,4%. Logo após a oferta, a rentabilidade média declinou para 17,3%, algo considerado natural pelo mercado.

O diferencial está justamente no período após o IPO: as empresas controladas por bilionários apresentaram uma recuperação constante ao longo dos anos. Já no caso das outras empresas, o estudo mostra que ROE declinou com o IPO e seguiu ladeira abaixo nos anos posteriores.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

IR 2020

Caiu na malha fina? Veja como regularizar a situação

Saiba como regularizar a sua situação junto a Receita Federal caso a sua declaração apresente informações inconsistentes e caia na malha fina do imposto de renda

Flexibilização

Prefeitura de São Paulo assina protocolo para reabrir bares e salões de beleza

A cidade está na terceira etapa do plano de flexibilização da quarentena do governo estadual, chamada de fase amarela. Com os termos firmados, os estabelecimentos poderão voltar a funcionar na segunda-feira

Recuperação

Fundos imobiliários de tijolo subiram 6% em junho; FII de shoppings ainda caem 21% no ano

Fundos imobiliários de papel, por sua vez, valorizaram, em média, só 3% no mês passado, segundo indicadores calculados pelo Banco Inter

BNDES prorroga linha de crédito para pequena e média empresa, com mais R$ 5 bilhões

Linha para capital de giro será prorrogada até 31 de dezembro, com orçamento ampliado

Crise

Risco para investir volta a nível de 2016

Estrangeiro olha com desconfiança para o Brasil, por conta da crise do coronavírus e também pela taxa de juros nas mínimas históricas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements